Translate this Page
  • Currently 2.56/5

Rating: 2.6/5 (263 votos)




ONLINE
3




Partilhe esta Página



 <!-- Go to www.addthis.com/dashboard to customize your tools -->
<script type="text/javascript" src="//s7.addthis.com/js/300/addthis_widget.js#pubid=ra-57f3fb36829d1888"></script>

 

 

  contadores de visitas 

 

Flag Counter


Comentario biblico Mateus cap.17 subsidio EBD
Comentario biblico Mateus cap.17 subsidio EBD

       Comentario evangelho de Lucas cap.12 subsidio EBD

MAURICIO BERWALD PROFESSOR ESCRITOR

Comentário de Matthew Henry sobre a Bíblia

Introdução

Neste capítulo temos, I. Alguns discursos em particular que Cristo teve com seus discípulos, nos quais ele os ensina a prestar atenção ao ofender, e a perdoar os ferimentos cometidos ( Lucas 17: 1-4 ), os encoraja a orar para o aumento da fé deles ( Lucas 17: 5,6 ), e então lhes ensina humildade, qualquer serviço que eles tenham feito por Deus, Lucas 17: 7-10 . II. Sua limpeza dez leprosos, e os agradecimentos que ele teve de um deles só, e ele um samaritano, Lucas 17: 11-19 . III Seu discurso com seus discípulos, por ocasião de uma investigação dos fariseus, quando o reino de Deus deveria aparecer, Lucas 17: 20-37 .

 

Versos 1-10

O tratamento de ofensas.

1 Disse então aos discípulos: É impossível, mas virão as ofensas, mas ai daqueleatravés de quem eles vêm! 2 Era melhor para ele que uma pedra de moinho fosse pendurada no pescoço e lançada ao mar, do que ofender um desses pequeninos. 3 Cuidai de vós mesmos: se teu irmão transgredir contra ti, repreende-o e, se ele se arrepender, perdoe-o. 4E se ele pecar contra ti sete vezes no dia, e sete vezes no dia voltar-te para ti, dizendo: Arrependa-se-te de perdoar-lhe. 5 E os apóstolos disseram ao Senhor: Aumenta nossa fé. 6 E o Senhor disse: Se tivésseis fé como um grão de mostarda, diríeis a esta amoreira: Desarraiga-te, e planta-te no mar, e isso vos obedecerá. 7 Mas qual de vocês, tendo um servo lavrando ou alimentando o gado, dir-lhe-á de perto e quando ele vier do campo, Vá e sente-se a carne? 8 E não lhe diga antes: Prepara-me a ceia, e cinge-te, e serve-me até que tenha comido e bebido, e depois comerás e beberás tu? 9 Agradece ele ao servo porque fez as coisas que lhe foram ordenadas? Eu não trow. 10 Assim também vós, quando tiverdes feito todas as coisas que te são mandadas, diga: Somos servos inúteis: fizemos o que era nosso dever fazer.

 

Nós estamos aqui ensinados

 

  1. Que a entrega de ofensas é um grande pecado, e aquilo que todos nós devemos evitar e observar cuidadosamente, Lucas 17: 1,2 . Não podemos esperar outra coisa senão que as ofensas virão, considerando a perversidade e a perversidade que estão na natureza do homem, e o sábio propósito e conselho de Deus, que continuará seu trabalho mesmo por essas ofensas e trará o bem do mal. . É quase impossível, mas que as ofensas virão, e , portanto, estamos preocupados em fornecer em conformidade, mas ai dele por quem eles vêm, a sua desgraça será pesada ( Lucas 17.2Lucas 17: 1 , 2Lucas 17: 2), mais terrível que a do pior dos malfeitores que estão condenados a serem jogados no mar, pois perecem sob uma carga de culpa mais pesada que a das pedras de moinho. Isso inclui uma desgraça, 1. Aos perseguidores, que ofendem o menor dos pequeninos de Cristo , em palavras ou ações, pelos quais são desencorajados a servir a Cristo e cumprir seu dever, ou a correr o risco de serem expulsos dele. . 2. Aos sedutores, que corrompem as verdades de Cristo e suas ordenanças, e assim incomodam a mente dos discípulos, pois são aqueles pelos quais vêm as ofensas. 3. Para aqueles que, sob a profissão do nome cristão, vivem escandalosamente, e assim enfraquecem os laços e entristecem os corações do povo de Deus, pois por eles vem a ofensa, e não é nenhuma redução de sua culpa, nem será qualquer um deles. sua punição, que é impossível, mas as ofensas virão.

 

  1. Que o perdão das ofensas é um grande dever, e aquilo que todos nós devemos ter consciência ( Lucas 17: 3Lucas 17: 3 ): Cuidado com vocês mesmos. Isso pode se referir ao que acontece antes ou ao que segue: Preste atenção para que você não ofenda nenhum desses pequeninos. Os ministros devem ser muito cuidadosos para não dizer ou fazer qualquer coisa que possa ser um desânimo para os cristãos fracos, há necessidade de grande cautela, e eles devem falar e agir muito atenciosamente, por medo disto: ou, "Quando o seu irmão trespassa você, você se machuca, coloca alguma afronta ou afronta em você, se ele for accessary a qualquer dano feito você em sua propriedade ou reputação,preste atenção a si mesmo em tal momento, para que você não seja pego em uma paixão, quando seus espíritos são provocados, você fala imprudentemente, e precipitadamente promete vingança ( Provérbios 24:29 ): Eu farei isto a ele como ele fez para mim. Tome cuidado com o que você diz em tal momento, para que você não diga errado. "

 

  1. Se lhe for permitido repreendê-lo, você é aconselhado a fazê-lo. Não sufoque o ressentimento, mas dê-lhe vazão. Diga-lhe que suas falhas lhe mostram que ele não fez bem nem de forma justa por você, e, pode ser, você perceberá (e você deve estar muito disposto a percebê-lo) que você o confundiu, que não foi uma transgressão contra você , ou não projetado, mas um descuido, e então você vai implorar seu perdão por incompreensão dele como Josué 22: 30,31 .Josué 22:30 , 31

 

  1. É-lhe ordenado, após o seu arrependimento, perdoá-lo e reconciliar-se perfeitamente com ele: se ele se arrepender, perdoe-o, esqueça-se do ferimento, nunca mais pense nele, muito menos o censure por ele. Embora ele não se arrependa, você não deve, portanto, levar malícia a ele, nem meditar contra vingança, mas, pelo menos ele não diz que se arrepende, você não está obrigado a ser tão livre e familiarizado com ele como tem sido. Se ele for culpado de pecado grosseiro, à ofensa da comunidade cristã da qual ele é membro, seja gravemente reprovado e levemente reprovado por seu pecado e, em seu arrependimento, recebido novamente em amizade e comunhão. Isso o apóstolo chama de perdão, 2 Coríntios 2: 72 Coríntios 2: 7 .

 

  1. Você deve repetir isso toda vez que ele repete sua transgressão, Lucas 17: 4Lucas 17: 4 . "Se ele pudesse ser tão negligente, ou tão impudente, a ponto de infringir-te sete vezes em um dia, e como freqüentemente professar a si mesmo arrependido por sua falta, e prometer não ofender de novo da mesma maneira, continue a perdoar ele." Humanum est errare - Para aqui é humano. Note, os cristãos devem ser de um espírito perdoador, dispostos a fazer o melhor de cada corpo, e fazer tudo sobre eles fácil para extenuar falhas, e não para agravá-los e eles devem inventar tanto para mostrar que eles perdoaram uma lesão como os outros para mostrar que eles se ressentem.

 

III Que todos nós precisamos ter nossa fé fortalecida, porque, à medida que a graça cresce, todas as outras graças crescem. Quanto mais firmemente acreditarmos na doutrina de Cristo, e quanto mais confiantemente confiarmos na graça de Cristo, melhor será conosco de todas as formas. Agora observe aqui, 1. O endereço que os discípulos fizeram a Cristo, para o fortalecimento de sua fé, Lucas 17: 5 Lucas 17: 5Mateus 17:16 Lucas 17: 6 Mateus 17:20 . Os próprios apóstolos , por isso são chamados aqui, embora fossem primeiros ministros de estado no reino de Cristo, ainda assim reconheceram a fraqueza e a deficiência de sua fé, e viram sua necessidade da graça de Cristo para aperfeiçoá-lo, disseram ao Senhor " Aumentar nossa fée aperfeiçoe o que está faltando nele. "Que as descobertas da fé sejam mais claras, os desejos da fé mais fortes, as dependências da fé mais firmes e fixas, as dedicatórias da fé mais inteiras e resolutas, e as delícias da fé mais agradáveis Note que o aumento de nossa fé é o que devemos desejar sinceramente, e devemos oferecer esse desejo a Deus em oração.Alguns pensam que eles colocam esta oração a Cristo quando ele pressiona sobre eles o dever de perdoar os ferimentos: " Senhor, aumenta a nossa féou nunca seremos capazes de praticar um dever tão difícil como este. "A fé na misericórdia perdoadora de Deus nos capacitará a superar as maiores dificuldades que existem no caminho de perdoar nosso irmão. Outros pensam que foi em alguma outra ocasião Quando os apóstolos foram encalhados em trabalhar algum milagre, e foram reprovados por Cristo pela fraqueza de sua fé, como Mateus 17:16 , & c Para aquele que os culpou eles devem aplicar-se pela graça para consertá- los a ele que eles choram , Senhor, aumenta a nossa fé. 2. a garantia de Cristo deu-lhes a maravilhosa eficácia da verdadeira fé ( Lucas 17: 6 ): " Se tivésseis fé como um grão de mostarda, tão pequenacomo semente de mostarda, mas a sua ainda é menos que a menos ou mais afiada como a mostarda, tão pungente, tão excitante para todas as outras graças, como a mostarda para os espíritos animais, "e portanto usada em paralisias", você pode fazer maravilhas muito além do que você agora faz, nada seria muito difícil para você, que fosse adequado para a glória de Deus, e a confirmação da doutrina que você prega, sim, embora fosse o transplante de uma árvore da terra para o mar. "Veja Mateus 17:20 . Como com Deus nada é impossível, assim são todas as coisas possíveis para ele que podem acreditar.

 

  1. Que, seja o que for que façamos a serviço de Cristo, devemos ser muito humildes, e não imaginar que possamos merecer qualquer favor de sua mão, ou reivindicá-lo como uma dívida, até os próprios apóstolos, que fizeram muito mais por Cristo do que outros. , não deve pensar que eles fizeram dele seu devedor. 1. Nós somos todos servos de Deus (seus apóstolos e ministros estão em uma forma especial de modo ), e, como servos, são obrigados a fazer tudo o que pudermos para sua honra. Toda a nossa força e todo o nosso tempo devem ser empregados para ele, pois não somos nossos, nem à nossa disposição, mas ao nosso Mestre. 2. Como servos de Deus, torna-se nós para preencher o nosso tempo com o dever, e temos uma variedade de trabalho nos apontou para fazermos o fim de um serviço o começo de outro. O servo que lavra ou alimenta o gado no campo, quando chega em casa à noite, tem trabalho a fazer ainda que deve esperar à mesa, Lucas 17: 7,8 . Quando tivermos sido empregados nos deveres de uma conversação religiosa, isso não nos desculpará dos exercícios de devoção quando estivermos trabalhando para Deus, ainda assim devemos estar esperando em Deus,Lucas 17: 7 , 8 esperando por ele continuamente. 3. Nosso principal cuidado aqui deve ser fazer o dever de nossa relação, e deixar que nosso Mestre nos dê o conforto disso, quando e como ele achar adequado. Nenhum servo espera que seu mestre diga a ele: Vá e sente-se para comer carne , é tempo suficiente para fazer isso quando tivermos feito o trabalho de nosso dia. Vamos ter o cuidado de terminar nosso trabalho e fazer isso bem, e então a recompensa chegará no devido tempo. 4. É bom que Cristo seja servido antes de nós: Prepara-me para que eu possa comer, e depois tu comerás e beberás. Duvidando os cristãos dizem que eles não podem dar a Cristo a glória de seu amor como deveriam, porque eles ainda não obtiveram o conforto disto, mas isto é errado. Primeiro deixe Cristo ter a glória disso, vamos atendê-lo com nossos louvores, e então comeremos e beberemos no conforto desse amor, e nisto há uma festa. 5. Os servos de Cristo, quando devem esperar sobre ele, devem se preparar, devem se libertar de tudo o que é emaranhado e sobrecarregado, e se apegam a uma aplicação íntima da mente para continuar, e prosseguir, com o trabalho deles. deve cingir os lombos de sua mente. Quando nos preparamos para o entretenimento de Cristo, preparamos o que ele pode fazer, devemos entãocingir-nos, para atendê-lo. Isso é esperado dos servos, e Cristo pode exigir isso de nós, mas ele não insiste nisso. Ele estava entre seus discípulos como alguém que servia, e não veio, como outros mestres, para assumir o estado e para ser ministrado, mas para ministrar testemunho, lavando os pés de seus discípulos. 6. Os servos de Cristo não merecem seu agradecimento por qualquer serviço que façam a ele: " Ele agradece a esse servo?Será que ele se considera grato a ele por isso? Não, de modo algum. "Nenhuma boa obra nossa pode merecer qualquer coisa nas mãos de Deus. Esperamos o favor de Deus, não porque tenhamos feito por nossos serviços um devedor para nós, mas porque ele tem feito por suas promessas um devedor para sua própria honra, e isso podemos alegar com ele, mas não podemos processar por uma quantum meruit - de acordo com o mérito 7. Tudo o que fazemos para Cristo, embora deva ser mais talvez do que outros fazem, ainda é não mais do que é nosso dever fazer Embora devamos fazer todas as coisas que nos são ordenadas e , infelizmente, em muitas coisas ficamos aquém disso, ainda assim não há trabalho de supererrogação , mas a que somos obrigados por esse primeiro e grande mandamento de amar a Deuscom todo o nosso coração e alma, que inclui o máximo. 8. Os melhores servos de Cristo, mesmo quando fazem os melhores serviços, devem reconhecer humildemente que são servos inúteis, embora não sejam aqueles servos inúteis que enterram seus talentos e sejam lançados em trevas profundas, mas quanto a Cristo, e qualquer vantagem que possa advir a ele por seus serviços, eles são inúteis, nossa bondade não se estende a Deus, nem se somos justos, ele é o melhor, Salmos 16: 2 Sl 16: 2Jó 22: 2 , 35 : ; Jó 22: 2,35: 7 . Deus não pode ser um ganhador pelos nossos serviços e, portanto, não pode ser considerado devedorpor eles. Ele não tem necessidade de nós, nem nossos serviços podem fazer qualquer acréscimo às suas perfeições. Torna-se, portanto, a nos chamarmos de servos inúteis, mas a chamar seu serviço de um serviço proveitoso, pois Deus é feliz sem nós, mas nós estamos desfeitos sem ele.

 

Versículos 11-19

Os dez leprosos

11 E aconteceu que, indo ele a Jerusalém, passou pelo meio de Samaria e da Galiléia. 12E quando entrou em certa aldeia, saíram-lhe ao encontro dez homens leprosos, que estavam de longe; 13 e levantaram a voz, e disseram: Jesus, Mestre, tem misericórdia de nós. 14E quando os viu , disse-lhes: Mostrai-vos aos sacerdotes. E aconteceu que, indo eles, purificaram-se. 15 E um deles, quando viu que estava curado, voltou e com grande voz glorificou a Deus, 16 e prostrou-se sobre os seus pés a seus pés, dando-lhe graças; e era samaritano. 17 Respondeu-lhe Jesus: Não foram dez os limpos? mas onde estãoos nove? 18 Não se achou que voltasse para dar glória a Deus, senão este estrangeiro. 19 Respondeu-lhe ele: Levanta-te, vai, a tua fé te salvou.

 

Temos aqui um relato da cura de dez leprosos, que não tivemos em nenhum outro evangelista. A lepra era uma doença que os judeus supunham ser infligida pelo castigo de algum pecado em particular e ser, mais do que outras doenças, uma marca do desagrado de Deus e, portanto, de Cristo, que veio para tirar o pecado e desviar a ira. teve um cuidado especial para limpar os leprosos que caíram em seu caminho. Cristo estava agora a caminho de Jerusalém, no meio do caminho, onde ele tinha pouca familiaridade em comparação com o que ele tinha em Jerusalém ou na Galiléia. Ele estava agora no país fronteiriço, as marchas que ficavam entre Samaria e Galiléia. Ele seguiu esse caminho para descobrir esses leprosos, e para curá-los, pois ele é achado dos que não o procuravam. Observar,

 

  1. O endereço desses leprosos para Cristo. Eles eram dez em uma empresa para, embora eles foram excluídos da sociedade com outros, mas aqueles que foram infectados tinham a liberdade de conversar uns com os outros, o que seria algum conforto para eles, dando-lhes a oportunidade de comparar notas, e condolar com o outro. Agora observe: 1. Eles encontraram Cristo quando ele entrou em uma certa aldeia. Eles não ficaram até que ele se refrescou por algum tempo após o cansaço de sua jornada, mas o encontraram quando ele entrou na cidade, cansado como estava e ainda assim não os deteve, nem adiou sua causa. 2. Eles ficaram de longe, sabendo que pela lei sua doença os obrigava a manter distância.Um sentido de nossa lepra espiritual deve nos tornar muito humildes em todas as nossas abordagens a Cristo. Quem somos nós, para nos aproximarmos dele que é infinitamente puro? Somos impuros. 3. Seu pedido foi unânime e muito importuno ( Lucas 17:13Lucas 17:13 ): Eles levantaram suas vozes, estando à distância, e clamaram, Jesus, Mestre, tende piedade de nós. aqueles que esperam ajuda de Cristo devem tomá-lo como seu Mestre e estar sob seu comando. Se ele for o Mestre, ele será Jesus, um Salvador, e não o contrário. Pedem, em particular, que não sejam curados de sua lepra, mas, tenham misericórdia de nós e é o suficiente para nos referirmos às compaixões de Cristo, pois elas não fracassam.Eles ouviram a fama deste Jesus (embora ele não tivesse sido muito familiarizado naquele país), e isso foi como encorajá-los a se candidatarem a ele e, se apenas um deles começou em um endereço tão barato e fácil, eles todos se juntam.

 

  1. Cristo os enviou ao sacerdote, para ser examinado por ele, que era o juiz da lepra. Ele não lhes disse positivamente que deviam ser curados, mas ordenou que fossem mostrar-se aos sacerdotes, Lucas 17:14Lucas 17:14 . Este foi um julgamento de sua obediência, e estava em condições de ser julgado, como Naamã em um caso parecido: Vá lavar-se na Jordânia. Note, aqueles que esperam favores de Cristo devem levá-los em seu caminho e método. Alguns desses leprosos talvez estivessem prontos para brigar com a prescrição: "Que ele ou cure ou diga que não vai, e não nos envie para os sacerdotes a serviço de um tolo", mas, dominado pelo resto, todos foram para o padre.Como a lei cerimonial ainda estava em vigor, Cristo teve o cuidado de que ela fosse observada, e a reputação dela mantida, e a devida honra aos sacerdotes nas coisas relacionadas à sua função, mas, provavelmente, ele tinha aqui um design adicional, que deveria ter o julgamento e o testemunho do sacerdote sobre a perfeição da cura e de que o sacerdote poderia ser despertado, e outros por ele, para inquirir sobre alguém que tivesse tal poder de comando sobre as doenças corpóreas.

 

III Enquanto iam, estavam limpos e , assim, tornaram-se aptos para serem olhados pelo padre, e para receber um certificado de que estavam limpos. Observe, então , podemos esperar que Deus nos encontre com misericórdia quando somos encontrados no caminho do dever. Se fizermos o que podemos, Deus não estará querendo fazer isso por nós, o que não podemos. Vá, participe das ordenanças instituídas, vá e ore e leia as escrituras: Vá e mostre-se aos sacerdotes e abra sua causa a um ministro fiel e, embora os meios não curem a si mesmos, Deus curará você nos diligentes. uso desses meios.

 

  1. Um deles, e apenas um, retornou, para dar graças, Lucas 17:15 Lucas 17:15Lucas 17:13 Lucas 17:16 . Quando ele viu que ele foi curado, em vez de ir para o sacerdote, para ser por ele declarado limpo, e tão dispensado de seu confinamento, que era tudo o que o resto visava, ele se voltou para ele, que era o autor de sua cura, a quem ele desejava ter a glória dele, antes de receber o benefício disso. Ele parece ter sido muito sincero e afetuoso em suas ações de graças: Com uma voz alta ele glorificou a Deus, reconhecendo que veio originalmente dele e ele elevou sua voz em louvores, como havia feito em suas orações, Lucas 17:13.. Aqueles que receberam misericórdia de Deus devem publicá-la aos outros, para que também louvem a Deus e possam ser encorajados por suas experiências a confiar nele. Mas ele também fez um discurso particular de agradecimento a Cristo ( Lucas 17:16 ): Ele caiu a seus pés, colocou-se na postura reverente mais humilde que pôde, e lhe deu graças. Nota: Devemos dar graças pelos favores que Cristo nos concede e, em particular, pelas recuperações da doença, e devemos ser rápidos em nossos retornos de louvor, e não adiá-los, para que o tempo não acabe com o sentido da misericórdia. Torna-nos também muito humildes em nossas ações de graças, bem como em nossas orações. Torna-se a semente de Jacob, como ele, a possuir-semenos do que a menor das misericórdias de Deus, quando as receberam, assim como quando estão em busca delas.

 

  1. Cristo tomou conhecimento deste que havia se distinguido, pois, parece, ele era um samaritano, enquanto o resto eram judeus, Lucas 17:16Lucas 17:16 . Os samaritanos eram separatistas da igreja judaica, e não tinham o puro conhecimento e adoração de Deus entre eles que os judeus tinham, e ainda assim era um deles que glorificava a Deus, quando os judeus se esqueciam, ou quando era transferido para eles. , recusou-se, para fazê-lo. Agora observe aqui

 

  1. O aviso particular que Cristo tomou dele, do agradecido retorno que ele fez, e a ingratidão daqueles que estavam compartilhando com ele na misericórdia - que aquele que era um estranho à comunidade de Israel foi o único que retornou à dê glória a Deus, Lucas 17: 17,18 . Veja aqui, (1.) Quão rico é Cristo fazendo o bem: Não foram dez limpos? Aqui estava uma cura por atacado, um hospital inteiro curado com uma palavra falando. Note, há uma abundância de cura cura no sangue de Cristo, suficiente para todos os seus pacientes, embora muitos. Aqui estão dez de cada vezLucas 17:17 , 18limpos, nunca teremos menos graça para os outros que a compartilham. (2) Como somos pobres em nossos retornos: " Onde estão os nove? Por que eles não retornaram para dar graças?" Isso sugere que a ingratidão é um pecado muito comum. Dos muitos que recebem misericórdia de Deus, há poucos, muito poucos, que voltam a agradecer de maneira correta (quase um em dez), que render de acordo com o benefício feito a eles. (3) Como esses geralmente se mostram mais gratos de quem menos se esperava. Um samaritano dá graças e um judeu não. Assim, muitos dos que professam a religião revelada são superados, e bastante envergonhados, por alguns que são governados apenas pela religião natural, não apenas em valor moral, mas em piedade e devoção. Isto serve aqui para agravar a ingratidão daqueles judeus de quem Cristo fala, como tendo muito doente que sua bondade fosse tão desprezada. E insinua como justamente ele se ressente da ingratidão do mundo da humanidade, por quem ele fez tanto, e de quem ele recebeu tão pouco.

 

  1. O grande encorajamento que Cristo lhe deu, Lucas 17:19Lucas 17:19 . O resto teve sua cura, e não revogou, como justamente poderia ser, por sua ingratidão, embora eles tivessem um bom exemplo de gratidão colocado diante deles, mas ele teve sua cura confirmada particularmente com um encômio: Tua fé fez te todo. Os demais foram feitos inteiros pelo poder de Cristo, em compaixão para com o seu sofrimento, e em resposta à sua oração, mas ele foi feito inteiro pela sua fé, pela qual Cristo o viu distinguido do resto. Note, as misericórdias temporais são então dobradas e adoçadas quando são buscadaspelas orações de fé, e retornado pelos louvores da fé.

 

Versículos 20-37

O progresso do Reino de Cristo Destruição de Jerusalém.

20 E quando ele foi exigido dos fariseus, quando o reino de Deus deveria vir, ele respondeu-lhes e disse: O reino de Deus não vem com a observação: 21 Nem eles dirão: Eis aqui! ou lá! pois eis que o reino de Deus está dentro de vós. 22 E disse aos discípulos: Dias virão em que desejareis ver um dos dias do Filho do homem, e não o vereis . 23 E eles dirão a você: Veja aqui ou, veja lá: não vá atrás deles, nem os siga . 24 Pois como o relâmpago, que ilumina de uma parte do céu, resplandece para a outra partedebaixo do céu, assim será também o Filho do homem no seu dia. 25 Mas primeiro ele deve sofrer muitas coisas e ser rejeitado por esta geração. 26 E, como aconteceu nos dias de Noé, assim também será nos dias do Filho do homem. 27 Eles comeram, beberam, casaram, deram-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio e os destruiu a todos. 28 Como também da mesma forma como sucedeu nos dias de Lot, comeram, beberam, compraram, venderam, plantaram e edificaram. 29 Mas no mesmo dia que Lot saiu de Sodoma, choveu fogo e enxofre do céu e destruiu tudo. elestodos. 30 Assim será no dia em que o Filho do homem for revelado. 31Naquele dia, quem estiver no eirado, e suas coisas na casa, não desça para tirá-lo; e o que estiver no campo, da mesma sorte não volte atrás. 32meça a esposa de Lot. 33 Quem procurar salvar a sua vida, perdê-la-á e quem perder a sua vida, a preservará. 34 Digo-te que naquela noite haverá dois homens numa cama, um será tirado e o outro será deixado. 35 Duas mulheres estarão moendo juntas, uma será tomada e a outra deixada. 36 dois homensserá no campo o um será tomado, e o outro deixado. 37 Responderam, e disseram-lhe: Onde, Senhor? E ele lhes disse: Onde quer que o corpo esteja, também as águias serão reunidas.

 

Temos aqui um discurso de Cristo concernente ao reino de Deus, isto é, o reino do Messias, que agora estava prestes a ser estabelecido, e do qual havia grande expectativa.

 

  1. Eis a demanda dos fariseus em relação a isso, que ocasionou esse discurso. Eles perguntaram quando o reino de Deus deveria vir, formando uma noção dele como um reino temporal, que deveria promover a nação judaica acima das nações da terra. Eles estavam impacientes em ouvir algumas notícias de sua abordagem, eles entenderam, talvez, que Cristo havia ensinado seus discípulos a orar pela vinda dele, e eles tinham pregado por muito tempo que estava à mão. "Agora", dizem os fariseus, "quando essa visão gloriosa se abrirá? Quando veremos esse reino há muito procurado ?"

 

  1. A resposta de Cristo a esta exigência, dirigida primeiramente aos fariseus, e depois aos seus próprios discípulos, que sabiam melhor como entendê-lo ( Lucas 17:22Lucas 17:22 ), o que ele disse a ambos, ele nos diz.

 

  1. Que o reino do Messias deveria ser um reino espiritual, e não temporal e externo. Eles perguntaram quando viria. "Você não sabe o que você pede", diz Cristo "pode ​​vir, e você não está ciente disso." Pois não tem um espetáculo externo, como outros reinos, cujos avanços e revoluções são notados pelas nações da terra, e preenchem os jornais de maneira que esperavam que esse reino de Deus o fizesse. "Não", disse Cristo, (1.) "Ele terá uma entrada silenciosa, sem pompa, sem ruído não vem com observação " , meta paratereseos - com show externo.dele, para o qual Cristo não lhes dá nenhuma resposta, mas terá seus erros retificados com respeito à natureza disto: " Não é para você conhecer os tempos deste reino, estes são coisas secretas, que não pertencem a você, mas as grandes intenções deste reino, estas são as coisas reveladas. "Quando o Messias, o Príncipe vier para estabelecer o seu reino, eles não dirão: Lo aqui, ou Lo lá, como quando um príncipe vai em progresso para visitar seus territórios está em cada boca do corpo, ele está aqui, ou ele está lá para onde o rei está lá é a corte.Cristo não virá com toda essa conversa, não será estabelecido neste ou naquele lugar em particular, nem a corte daquele reino estará aqui ou ali, nem estará aqui ou ali , respeitando o país em que os homens são ou o lugar eles habitam, como se isso os colocasse mais perto, ou mais longe, daquele reino. Aqueles que confinam o cristianismo e a igreja a este lugar ou àquele grupo, gritam Lo aqui ou Lo ali, do que nada é mais contrário aos desígnios do cristianismo católico, assim como aqueles que fazem da prosperidade e da pompa externa uma marca da verdadeira igreja. . (2) "Tem uma influência espiritual : o reino de Deus está dentro de você."Não é deste mundo, João 18:36João 18:36 . Sua glória não atinge as fantasias dos homens, mas afeta seus espíritos, e seu poder está sobre suas almas e consciências deles recebe homenagem, e não apenas de seus corpos. O reino de Deus não mudará a condição externa dos homens, mas seus corações e vidas, então vem quando faz aqueles humildes, e sérios, e celestiais, que eram orgulhosos, e vão, e carnais, quando isto tira do mundo aqueles que estavam casados com o mundo e, portanto, procuravam o reino de Deus nas revoluções do coração, não do governo civil. O reino de Deus está entre vocêsentão alguns lêem. "Você pergunta quando ele virá, e não está ciente de que ele já começou a ser estabelecido no meio de você. O evangelho é pregado, é confirmado por milagres, é abraçado por multidões, de modo que é na sua nação, embora não em seus corações ". Nota: É a loucura de muitos inquiridores curiosos sobre os tempos vindouros que eles olham para isso antes deles que já está entre eles.

 

  1. Que a criação deste reino foi uma obra que encontraria muita oposição e interrupção, Lucas 17:22Lucas 17:22 . Os discípulos pensaram que deveriam levar tudo diante deles, e esperavam uma série constante de sucesso em seu trabalho, mas Cristo lhes disse que seria diferente: " Os dias virão, antes de você ter terminado seu testemunho e feito seu trabalho, quando desejar para ver um dos dias do Filho do homem "(um dia como o que temos agora )," da prosperidade e progresso do evangelho, e não o veremos. No princípio, de fato, você terá um sucesso maravilhoso " (assim eles tiveram, quando milharesforam adicionados à igreja em um dia ) "mas não pense que sempre será assim, não, você será perseguido e disperso, silenciado e aprisionado, de modo que você não terá oportunidades de pregar o evangelho sem medo, como você agora tem as pessoas vão crescer legal para isso, quando eles têm desfrutado-lo por algum tempo, para que você não vai ver essas colheitas de almas reuniram-se para Cristo depois como no início, nem tal multidão reunindo-se a ele como pombas para as suas janelas. "Este aguarda a seus discípulos, depois da idade, devem esperar muito desapontamento; o evangelho não será sempre pregado com igual liberdade e sucesso. Ministros e igrejas às vezes estarão sob restrições externas.Professores serão removidos em cantos e assembléias solenes espalhadas. Então eles desejarão ver tais dias de oportunidade como desfrutaram antigamente, dias de sábado, dias sacramentais, dias de pregação, dias de oração, são dias do Filho do homem, nos quais ouvimos dele, e conversamos com ele. Chegará a hora em que poderemos em vão desejar tais dias. Deus nos ensina a conhecer o valor de tais misericórdias pela falta delas. Nos preocupa, enquanto eles são continuados, para melhorá- los, e nos anos de fartura para colocar na loja para os anos de fome. Às vezes eles estarão sob restrições internas, não terão tais sinais da presença do Filho do homemcom eles como eles tiveram. O Espírito é retirado deles, eles não vêem seus sinais, o anjo não desce para agitar as águas, há uma grande estupidez entre os filhos dos homens, e uma grande indiferença entre os filhos de Deus, então eles desejarão ver tais dias vitoriosos e triunfantes do Filho do homem, como têm visto algumas vezes, quando ele cavalgou com seu arco e sua coroa, conquistando e conquistando, mas eles não os verão. Note, não devemos pensar que a igreja e a causa de Cristo estão perdidas, porque nem sempre são semelhantes e predominantes.

 

  1. Que Cristo e seu reino não devem ser procurados neste ou naquele lugar específico, mas sua aparência será geral em todos os lugares ao mesmo tempo ( Lucas 17: 23,24 ): " Eles dirão a você: Veja aqui, ou, Veja lá, aqui está um que vai libertar os judeus das mãos dos opressores romanos, ou há alguém que vai entregar os cristãos fora das mãos dos judeus opressores aqui é o Messias, e há o seu profeta aqui em esta montanha, ou ali em Jerusalém, você encontrará a verdadeira igreja, não vá atrás deles, nem siga-os , não dê atenção a tais sugestões. O reino de Deus não foi projetado para ser a glória de apenas um povo, mas paraLucas 17:23 , 24dê luz aos gentios, pois, como o relâmpago que ilumina de uma parte debaixo do céu, e brilha de repente, irresistivelmente, na outra parte debaixo do céu, assim será também o Filho do homem no seu dia. "(1.)" Os julgamentos que devem destruir a nação judaica, deixá-los desperdiçados, e libertar os cristãos deles, voarão como um raio através da terra, porão todos os resíduos de um lado a outro e aqueles os que são marcados por essa destruição não podem mais evitá-la, nem se opor a ela, do que um relâmpago. "(2)." O evangelho que é estabelecer o reino de Cristo no mundo voará como relâmpagoatravés das nações. O reino do Messias não é para ser uma coisa local , mas deve ser disperso por toda a face de toda a terra, brilhando de Jerusalém para todas as partes, e isso em um momento. Os reinos da terra serão levedados pelo evangelho antes que eles estejam cientes disso. ”Os troféus das vitórias de Cristo serão erigidos sobre as ruínas do reino do diabo, mesmo naqueles países que nunca poderiam ser subjugados ao jugo romano. O desígnio do estabelecimento do reino de Cristo não era para tornar uma grande nação, mas para tornar todas as nações boas - algumas, pelo menos, de todas as nações e este ponto será conquistado, embora as nações se enfureçam, e osos reis da terra se impuseram com toda a força contra ela.

 

  1. Que o Messias deve sofrer antes que ele tenha que reinar ( Lucas 17:25Lucas 17:25 ): " Primeiro ele deve sofrer muitas coisas, muitas coisas difíceis, e ser rejeitado desta geração e, se ele for assim tratado, seus discípulos não devem esperar outra do que sofrer e ser rejeitado também por sua causa ". Eles pensaram em ter o reino do Messias estabelecido em esplendor externo: "Não", diz Cristo, "devemos ir pela cruz até a coroa. O Filho do homem deve sofrer muitas coisas. Dor e vergonha e morte, são essas muitas coisas, ele deve ser rejeitado por esta geraçãode judeus incrédulos, antes que ele seja abraçado por outra geração de gentios crentes, que seu evangelho possa ter a honra de triunfar sobre a maior oposição daqueles que deveriam ter lhe dado a maior assistência e, portanto, a excelência do poder parecerá ser de Deus, e não do homem , embora Israel não seja recolhido, ainda assim ele será glorioso até os confins da terra ".

 

  1. Que o estabelecimento do reino do Messias introduziria a destruição da nação judaica, a quem encontraria em um profundo sono de segurança, e afogaria-se na sensualidade, como o velho mundo era nos dias de Noé e Sodoma. nos dias de Ló, Lucas 17:26Lucas 17:26 , & c. Observar,

 

(1) Como tinha sido com os pecadores anteriormente, e em que postura os juízos de Deus, dos quais haviam sido devidamente advertidos, finalmente os encontraram. Olhe para o passado, quando toda a carne havia corrompido o seu caminho, e a terra estava cheia de violência. Venha um pouco mais abaixo, e pense como foi com os homens de Sodoma, que eram iníquos e pecadores perante o Senhor excessivamente. Agora observem a respeito de ambos, [1.] Que eles tinham uma justa advertência dada a eles sobre a ruína que estava vindo sobre eles por seus pecados. Noé era um pregador da justiçapara o velho mundo era Ló para os sodomitas. Eles notificaram atempadamente o que estaria no fim de seus maus caminhos, e que não estava longe. [2] Que eles não consideraram a advertência dada a eles, e não deram crédito, nem ouviram. Estavam muito seguros, continuavam em seus negócios tão despreocupados quanto se imaginava que comiam, bebiam, se satisfaziam em seus prazeres e não cuidavam de mais nada, mas para fazer provisão para a carne, contados com a perpetuidade. do seu atual estado florescente e, portanto, esposas casadas, e foram dadas em casamento, para que suas famílias fossem edificadas. Eles eram todos muito alegres, assim como os homens de Sodoma, e também muito ocupados também:eles compraram, venderam, plantaram, edificaram. Essas eram coisas lícitas, mas a culpa era que elas se importavam com isso de modo desordenado, e seus corações estavam inteiramente ligados a elas, pois não tinham absolutamente nenhum coração para se preparar contra os julgamentos ameaçados. Quando deveriam ter estado, como os homens de Nínive, jejuando e orando, se arrependendo e reformando, após advertência dada a um julgamento que se aproximava, eles estavam indo com segurança, comendo carne e bebendo vinho, quando Deus clamou ao choro e ao luto. , Is 22: 12,13 . [3] Que eles continuaram em sua segurança e sensualidade, até que o julgamento ameaçado veio. Até o dia em que Noé entrou na arca,Isaías 22:12 , 13e Ló saiu de Sodoma, nada dito ou feito a eles serviu para alarmar ou despertá-los. Nota: Embora a estupidez dos pecadores de um modo pecaminoso seja tão estranha quanto é sem desculpa, ainda assim não devemos estranhá-la, pois não é sem exemplo. É a maneira antiga que os ímpios trilharam, que foram adormecidos para o inferno, como se a condenação deles estivesse adormecida enquanto eles dormiam. [4] Que Deus cuidou da preservação daqueles que eram seus, que acreditavam e temiam, e levaram a advertência que eles deram aos outros. Noé entrou na arca e lá estava ele em segurança. Ló saiu de Sodoma e, assim, saiu do caminho do mal. Se algum correr em descuidado e de cabeçana destruição, que não prejudicará a salvação daqueles que crêem. [5] Que eles foram surpreendidos com a ruína que eles não temiam, e foram engolidos por ela, para o seu horror indescritível e espanto. O dilúvio veio, e destruiu todos os pecadores do mundo antigo fogo e enxofre veio e destruiu todos os pecadores de Sodoma. Deus tem muitas flechas em sua aljava, e usa o que ele fará ao guerrear contra seus súditos rebeldes, pois ele pode fazer com que ele seja efetivo. Mas o que é especialmente intencionado aqui é mostrar a terrível destruição surpresa para aqueles que são seguros e sensuais.

 

(2.) Como será com os pecadores ainda ( Lucas 17:30Lucas 17:30 ): Assim será no dia em que o Filho do homem for revelado. Quando Cristo vier para destruir a nação judaica, pelos exércitos romanos, a generalidade dessa nação será encontrada sob uma segurança e estupidez tão reinantes como esta. Eles têm advertência dada por Cristo agora, e será repetida para eles pelos apóstolos depois dele, como tinham feito com Noé e Ló, mas tudo será em vão.Eles continuarão seguros, continuarão em sua negligência e oposição de Cristo e seu evangelho, até que todos os cristãos sejam retirados dentre eles e tenham ido para o lugar de refúgio. Deus proverá a eles do outro lado do Jordão, e então um dilúvio de julgamentos fluirá sobre eles, o que destruirá todos os judeus incrédulos. Alguém poderia pensar que este discurso do nosso Salvador, que era público, e não muito depois de publicadopara o mundo, deveria tê-los despertado, mas isso não aconteceu, pois os corações daquele povo foram endurecidos, para sua destruição. Da mesma forma, quando Jesus Cristo vier para julgar o mundo, no final dos tempos, os pecadores serão encontrados na mesma postura segura e descuidada, independentemente do julgamento que se aproxime, o qual virá sobre eles como uma armadilha e em da mesma maneira, os pecadores de todas as épocas seguem com segurança os seus maus caminhos, e não se lembram do fim deles, nem do relato que eles devem dar. Ai dos que estão assim à vontade em Sião.

 

  1. Que deveria ser o cuidado de seus discípulos e seguidores distinguirem-se dos judeus incrédulos naquele dia e, deixando-os, sua cidade e país, para si mesmos, fugirem ao sinal dado, de acordo com a direção que Deveria ser dado. Deixe-os se aposentar, como Noé à sua arca, e Ló ao seu Zoar. Você teria curado Jerusalém, como da velha Babilônia, mas ela não é curada e , portanto, abandoná-la, fugir do meio dela, e entregar cada homem a sua alma, Jeremias 51: 6,9 . Esta fuga deles de Jerusalém deve ser rápida, e não deve ser retardada por qualquer preocupação com seus assuntos mundanos ( Lucas 17:31 ): "Jeremias 51: 6 , 9 Lucas 17:31 Lucas 17:32 Isaías 1:10 Lucas 17:33Aquele que estiver no ejetor da casa, quando o alarma for dado, não desça, para tirar suas coisas, porque não pode poupar tanto tempo, e porque a execução de seus efeitos apenas o sobrecarregará e retardar seu vôo. "Que ele não considere seu material em tal momento, quando será ao lado de um milagre de misericórdia se ele tem sua vida dada a ele para uma presa. Será melhor deixar suas coisas atrás dele do que ficar para cuidar dela, e perecer com aqueles que não crêem, e será sua preocupação fazer o que Ló e sua família foram encarregados de fazer: Fuja para a sua vida, salve-se desta geração desagradável. (2.) Quando eles tiverem escapado, eles não devem pensar em retornar ( Lc 17.22 ): " Lembre-se da esposa de Ló e preste atenção por ela não apenas para fugir desta Sodoma (pois assim Jerusalém se tornou, Isaías 1: 10 ), mas perseverar em seu vôo, e não olhar para trás, como ela não estava com vontade de deixar um lugar marcado para a destruição, quem quer que seja ou o que você deixar para trás, que é sempre tão caro para você ". Aqueles que deixaram a Sodoma de um estado natural, deixam-nos ir em frente, e não apenas olharem para ela novamente. Que não olhem para trás, para que não se sintam tentados a voltar atrás , para que isso não seja interpretado como um retrocesso no coração.ou uma evidência de que o coração foi deixado para trás. A esposa de Lot foi transformada em um pilar de sal, para que ela permanecesse como um monumento duradouro do descontentamento de Deus contra os apóstatas, que começam no espírito e terminam na carne. (3) Não haveria outra maneira de salvar suas vidas do que abandonando os judeus, e, se eles pensassem em se salvar por uma coalizão com eles, eles se encontrariam equivocados ( Lucas 17:33 ): " Todo aquele que procurar para salvar sua vida, por se recusar a cristianizar e obedecer aos judeus, ele a perderácom eles e perecer na calamidade comum, mas quem está disposto a arriscar sua vida com os cristãos, na mesma base em que se aventuram, para levar seu lote com eles na vida e na morte, ele deve preservar sua vida, pois ele deve assegure-se da vida eterna, e de maneira mais provável, naquele momento, para salvar sua vida do que aqueles que embarcam em um fundo judaico, ou assegure -se de seus títulos. "Note que eles se dão melhor quando confiam em Deus no caminho do dever.

 

  1. Que todos os bons cristãos devem certamente escapar, mas muitos deles muito estreitamente, dessa destruição, Lucas 17: 34-36Lucas 17: 34-36 . Quando os julgamentos de Deus estão colocando todo o lixo, ele tomará um curso efetivo para preservar aqueles que são seus, através de providências notáveis ​​distinguindo entre eles e outros que estavam mais próximos a eles: dois em uma cama, um tomado e outro arrancado o incêndio e levado para um lugar de segurança, enquanto o outro é deixado para perecer na ruína comum. Note que, embora a espada devore um tanto quanto outro, e todas as coisas parecem semelhantes a todos, mais cedo ou mais tarde parecerá que o Senhor conhece os que são dele e os que não são, e comotire o precioso do vil. Temos certeza de que o Juiz de toda a terra fará o que é certo e, portanto, quando ele enviar um juízo de propósito para vingar a morte de seu Filho sobre aqueles que o crucificaram, ele cuidará de que nenhum daqueles que o glorificaram e glorificaram. em sua cruz, será levado por esse julgamento.

 

  1. Que esta obra distintiva, divisora ​​e discriminatória seja feita em todos os lugares, até onde o reino de Deus se estender, Lucas 17:37 Lucas 17:37 . Onde, senhor? Eles haviam perguntado sobre o tempo, e ele não satisfaria sua curiosidade com qualquer informação a respeito de que eles, portanto, tentaram com outra pergunta: " Onde, Senhor? Onde aqueles que estão seguros são levados? Onde aqueles que perecem são deixados?" A resposta é proverbial e pode ser explicada de modo a responder a cada lado da questão: Onde quer que o corpo esteja, as águias também serão reunidas. (1) Onde quer que estejam os ímpios que estão marcados para a perdição, Salmo 21: 8 Obadias 1: 4 onde quer que o evangelho seja pregado e as ordenanças sejam ministradas, lá também as almas piedosas recorrerão, ali encontrarão a Cristo e pela fé banquetearão-se nele. Onde quer que Cristo registre seu nome, ele encontrará seu povo e os abençoará, João 4:21 1 Timóteo 2: 8ser descoberto pelos juízos de Deus como onde quer que esteja uma carcaça morta, as aves de rapina sentirão o cheiro dela, e serão presas dela. Os judeus de ter feito-se um cadáver morto e putrefato, odioso a santidade de Deus e detestável a sua justiça, onde quer que qualquer um que a geração descrente é, os juízos de Deus deve fixar sobre eles, como as águias fazem sobre a presa: A tua mão todos os teus inimigos ( Salmo 21: 8 ), embora eles estabeleçam seus ninhos entre as estrelas, Obadias 1: 4 . Os soldados romanos vão caçar os judeus de todos os seus recessos e solidez, e ninguém deve escapar. (2) Onde quer que estejam os piedosos, que são marcados para a preservação, eles será encontrado feliz no gozo de Cristo. Como a dissolução da igreja judaica será estendida a todas as partes, assim será a constituição da igreja cristã. Onde quer que Cristo esteja, os crentes se reunirão a ele e se encontrarão nele, como águias sobre a presa, sem serem dirigidos ou mostrados o caminho, pelo instinto da nova natureza. Agora, Cristo é onde estão seu evangelho, e suas ordenanças, e sua igreja: Pois onde dois ou três estão reunidos em seu nome, ele está no meio deles, e para lá outros serão reunidos a ele. O reino do Messias não é ter um lugar particular para sua metrópole, como Jerusalém era para a igreja judaica, para a qual todos os judeus deviam recorrer, mas onde quer que o corpo estivesse ,onde quer que o evangelho seja pregado e as ordenanças sejam ministradas, lá também as almas piedosas recorrerão, lá encontrarão a Cristo e pela fé banquetearão-se com ele. Onde quer que Cristo registre seu nome, ele encontrará seu povo e os abençoará, João 4:21, 1 Timóteo 2: 8 . Muitos bons intérpretes entendem da reunião dos santos junto a Cristo no reino da glória: "Não pergunte onde a carcaça ficará, e como eles encontrarão o caminho para ela, pois eles estarão sob direção infalível para aquele que é sua cabeça vivificante e vivificante, e o centro de sua unidade, a ele se congregará o povo.
  2. fonte Coment. Mattew Henri / www.mauricioberwald.comunidades.net