Translate this Page

Rating: 2.4/5 (43 votos)




ONLINE
2




Partilhe este Site...



 

 

 

  contadores de visitas 

 

Flag Counter

free book, Disney Beauty and the Beast Magical Story with Amazing Moving Picture Cover, enter link, pdf free, get pdf, this link, download book, book download, free book, download pdf,

Doutrina do batismo no Espirito Santo (4)
Doutrina do batismo no Espirito Santo (4)

                                                    O batismo no Espirito Santo                    

                                           INICIO DO COMENTARIO ATOS 2

                                                  Artigo Mauricio Berwald

 

VERSO 1"E cumprindo o dia de pentecostes"-Em levitico  23 ,Deus estabelceu sete festas sagaradas para israel observar ,as quais prefiguravam da antemão todo o ceu da história da igreja.Essa feitas sagradas falam também do caraterizar igreja,festa presupõe alegria.lembremos que jesus sempre foi um homem alegre apesar de viver a sombra da cruz.Das sete festas da israel ;a quarta  era a de pentecostes (lv 23.-15-16),também chamada de festa das semanas (dt 16.10)e festa da colheita (ex23.16).A festa da pentecostes ocorria no terceiro més (sivã)e durante um dia ..DIA SEIS DE SIVÃ QUE CORRESPONDE MAIS OU MENOS AO MES DE JULHO.Afesta de pentecostes era seguida de tres outras festas :trombetas,expiação e tabernaculo.Pentecostes era festa central das sete que o SENHOR determinou para  israel observar em levitico 23.São 3+1+3.Essa centralidade fala da importancia do batismo no espirito santo para a igreja e do equilibrio espiritual  que dele resulta. 

 

    V.1"... cumpriu-se o dia de Pentecostes...". 

termo pentecostes procede originalmente da festa judaica chanada de "festas das semanas ou hag shabuot,como descreve o antigo testamento (Lv 23.15-25 Dt 16.9-12).Essa festa era comemorada sete semanas depois da pascoa.Literalmente ,o termo significa "festa dos periodos de sete",em razão  de a festa ser comemorada a partir do dia seguinte ao setimo sabado,após o dia das primicias (Lv 23.15-16.)Outra experssão da qual se deriva o vocabulario'pentecostes' é "hamishim" yon,"que significa "festa do 50 dias"(Lv 23.16"),termo traduzido pela versão grega do antigo testamento por "pentekonta hemeras ,ou "quinquajésimo dia".A solene festa de pentecostes é chamada no antigo testamento de "festa das semans" "festa das primicias da sega do trigo""festa da colheita' e o dia das "primicias"-ocasião em que apresentam os primeiros frutos dos campos previamente plantados ex 23.16,34.22 nm 28.26,31 dt 16.9-12). 

Quanto ao passado ,a festa de pentecostes era uma santa celebração em que o adorador oferecia ao Senhor uma oferta voluntaria proporcional as bençãos recebidas do Senhor (dt 16.100.Mas no contexto profético é uma referencia á efusão do Espirito Santo sobre toda carne(jl 2.28,at 2.1-3).O dia de pentecostes era celebrado por todos os judeus ,tanto os que habitavam a Palestina quanto aqueles que estavam dispersos por todas as partes do mundo de então.

 Alguns destes judeus e prosélitos não costumavam frequentar a festa da pascoa em Jerusalem ,pelo fato de o clima não ser favoravel para longas peregrinações .No entanto quando as condições climaticas estavam favoraveis ,ocasião ,que coincidia com a festa de pentecostes ,todos convergiam a Jerusalem capital religiosa do judaismo.Com base fundamentada em atos 2.7-13 menciona pessoas de varias nações no dia de Pentecostes,judeus vindo de varias nações pelo clima lhes ser favoravel.A distancia entre Jerusalem e as regiões das quais os devotos procediam ,de monstram a importancia da festividades sagrada para eles .A festa foi uma estratégia para manifestação o poder de DEUS a todas aquelas localizações .O dia de pentecostes simboliza ,para a igreja ,o inicio da colheita de almas para Deus neste mundo.

  No seculo 1° da era cristã ,as comunidades Judaicas localizavam-se principalmente na parte oriental do império romano ,onde o grego era um idioma comum ,mas havia comunidades de oeste e leste ,desde a italia até babilonia.Alem dos povoc aqui mencionados ,os presentes no dia de pentecostes9at 2.9-110,incluíam visitantes da mesospotania e de regiões mais distantes do oriente da Partia ,Médio e Leilão (atual Irã).(notas b. de estudo pentecostal cpad).Aqueles que se tornaram cristãos em pentecostes incluindo judeus de varias nações foram os primeiros frutos de uma vasta colheita de almas.

 

 "REUNIDOS NO MESMO LUGAR"V.1 

-Aqui "reunidos" é ser unanimes ,ter consentimento mutuo ,estar de acordo ,ter unidade em grupo ,ter opinião e objetivo,harmonia,consentimento volitivo da igreja recém formada.Em cada uma de suas ocorrências mostra uma harmonia que leva a ação.(estrong).Os 120 at 1.15,a palavra "todos" aparecem diversas vezes em atos especialmente nos segundo capitulo (v 1,4,17,39,43,44).Como a palavra "todos" é inclusiva ,cada salvo é um candidato ao batismo no Espirito Santo ,observe ,contudo a salvação não é o batismo no Espirito Santo,este deve seguir se a salvação(at 1.14-14 ,2.38-39).Retrocedendo um pouco na leitura ,vemos "sobre meus servos e minhas servas..." at 2.18 ,leia tambem atos 19.2,jo 14.17 .(notas manual do obreiro cpad).

 Em atos 2.1 ,esta escrito "cumprindo-se o dia de pentecostes ,estavam reunidos no mesmo lugar',isso indica  não somente "união" mas "unidade no Espirito Santo"(v.4).Acabaram as discórdias ,as contendas as divergências pessoas em torno das coisas de Deus ,todos estavam ali juntos"reunidos'.(notas ibid).            

 

As palavras "todos "e todo"aparecem diversas vezes em atos especialmente no segundo capitulo (v.1,4,17,39,43,44,).Como a palavra "todos"é inclusiva ,cada salvo é candidato ap batismo .Observe ,contudo que a salvação não é o batismo no Espirito santo ,mas deve seguir á salvação (at1.13,14 ..,2.38-39).retrocedendo um pouco na leitura ,vemos a enfase "sobre meus servos e minhas servas.."leia at 19.2e jo 14.17).

 Em atos 2.1 ,esta escrito "cumprindo o dia de pentecostes  ,estavam ,todos reunidos no mesmo lugar"isso indica não somente UNIÃO mas UNIDADE no Espirito Santo v.4 acabaram se as discordancias ,as contendas ,as divergencias pessoais em torno das coisas de DEUS,todos estavam ali,juntos ,reunidos.No cenaculo eles buscavam unidos em oração 1°oração perseverante:at 1.14 O firme propósito daqueles 120 crentes reunidos no cenaculo era ficar até receberem a benção (is40.31 .,is 62.6-7 os 10.12) 2°oração unanime:at1.14 .É preciso haver união entre os que oram.Onde há união ,o Senhor ordena a benção SL 133,desunião e inimizade impedem a resposta ás orações (mt5.24 mc11.25)A concordancia na oração tem promessa especial (mt18.19).3°oração definida:O assunto daquela oração eram um só :o cumprimento da promessa do PAI conforme at 1.5,5,8.Pouco antes foram tentados a dispersar a atenção ,especulando acerca de tempos futuros at1.7).

Todavia nada deve desviar a nossa mente do propósito da oração.4°oração com fé:não ficavam ocupados com discussões estereis sobre jesus realmente batizava ,ou não nem se  esta benção era realmente para aquele tempo ou se     ora um  pelo outro.A promessa de jesus ocupava suas mentes e corações.E enquanto oravam,a fé era fortalecida (rm 4.20-21)e é pela fé que se recebe o batismo  (gl 3.14).

 

 "DE  REPENTE ,VEIO DO CÉU UM SOM ,COMO DE UM VENTO IMPETUOSO"- O que se representa o VENTO? 

 1.FALA  de 'força impulsora"-como nas velas dos barcos,no moinhos et.2.FALA separar -a palha do trigo do grão 9sl 1.4 mt 3.12),separa o leve dp esado .3Move moinha e movimenta agua,arvores 4.o vento fertiliza -levando o polem ,a vida (col 4.16 e jo 3.5-8) .5o vento limpa -arvores ,campos etc.6.o vento não tem cor ,favoritismo ,individualismo ,discriminação.7.O vento pertence não  a um clima unico -é universal 9ec 1.6 gn 1.2).9.O vento não tem cheiro ,mas espalha perfume -aqui é importante refletir sobre o papel do altar do incenso ,no tabernaculo.10°O vento ,quando se move é infalivelmente sentido notado.11°O vento refresca e suavisa o calor 12°O vento -o ar-alimenta e vivifica (pulmões ,e vida organica).em ez 37.8-10 ,naquela visão que Deus o mostrou sobre um vale de ossos secos. (notas ibid).          

 (...som...)- um som vindo do ceu:-no dia do prometido derramamento de poder celestial ,a Palavra de Deus diz que veio do céu um som como de um vento o que esta ocorrendo atualmente em sua vida ,em sua igreja?O verdadeiro revestimento de poder do Espirito Santo vem do alto(lc 24.49 at 11.40.(notas manual do obreiro cpad).

Observemos que o Espirito Santo veio primeiramente com um "som".Um som para despertar ,os dormentes,para acordar do renovo espiritual.Um som para alertar de perigo .Para avisar ,um para convocar para o trabalho ;para reunir(1°cor 14.8).Um som para a igreja louvar a Deus ,com musicas sacra.(1°cronicas 16.42 e col 3.16).O som que veio do ceu era como de um vento ,isto é não houvem um vento natural de fato e sim algo semelhante as seus efeitos sonoros ,circundantes e propulsores.

  No dia de pentecostes o ESPIRITO SANTO foi percebido como um vento.Estew simbolo foi empregado por jesus e contem ensinos sobre a forma de operar do .'SOM' observamos que o O ESPIRITO SANTO VEIO PRIMEIRAMENTE COMO UM SOM.UM som para alertar do sono espiritual ,para acordar ,um som para despertar.Um som para convocar para o trabalho ;para para reunir(1cor 14.8)Um som para igreja louvar a DEUS COM 'musica'  .(1cr16.42 e col 3.16).O som que veio do ceu era como de um vento.isto é não houve vento natural de fato ,e sim algo semelhante a seus efeitos sonoros ,circundantes e propulsores .O que é isso?   1°)ovento fala de força impulsoras como nas velas dos barcos2°)O vento separa-a palha do grão (sl 1.4 e mt 3.12);separa o leve do pesado.3°)O vento move e movimenta agua,arvores.4°)O vento fertiliza pólem ,a vida (col 4.16 e jo 3.5,8)5°)O vento limpa -arvores ,campos etc.6°)O vento não tem cor-favoritismo ,individualismo ,discriminação.7°)O vento não pertence a um clima é unico universal.8°)O vento se move continuamente (ec 1.6 e gn 1.2)9°)O vento ,tem cheiro ,mas espalha perfume -aqui é importante refletir sobre o papel do altar do incenso,no tabernaculo sentido ,notado.10°)O vento refresca e suavisa no calor.11°) 

O vento -ar-alimente e vivifica pulmões ,a vida organica.Em ezequiel 37.8-10,naquela visão que Deus deu ao profeta sobre um vale de ossos secos ,vemos nos corpos :ossos,nervos ,carne ,pele ,mas não vida ,até que o ESPIRITO  assoprou sobre eles.aleluia há muitos crentes por ai que tem só sobra ,porem falta-lhes vida abundante do ESPIRITO SANTO.12°)O vento é misterioso (jo 3.8)cabe aqui um avisos :devemos ter cuidado com as falsificações ,isto é ,os ventos nocivos ,que não provem de DEUS(mt7.25 e ef 4.14).13°)O vento é importante para a polinização e consequente fecundação das  flores,tendo como resultados a frutificação.Assim também o ESPIRITO SANTO vivifica(jo 6.63 ;gl 5.22).

 

    V.2"....E ENCHEIO TODA A CASA EM ESTAVAM ASSENTADOS". 

 V.2"...encheu toda a casa em que estavam assentados...".A casa focou cheia-,o som como de um vento veemente e impetuoso encheu toda casa.Aquele primeiro derramamento do poder do Espirio Santo ocorreu numa resiencia ,numa casa de familia.Isso nos leva a refletir sobre o importante papel da familia cristã cheia do Espirito Santo ,para a igreja .A familia ,como primeira instituição divina na terra ,foi o meio pelo qual Deus iniciou o ciclo da história humana. Foi por meio dela ,ainda ,que ele iniciou ou nação que traria o messias ao mundo e o trouxe.

 O som de um vento veemente e impetuoso encheu toda a casa (at2.2)Aquele primeiro derramamento do ESPIRITO SANTO  ocorreu numa residencia ,numa casa de familia sobre o importante papel da familia cristã cheia do ESPIRITO SANTO,para a igreja .A familia ,como primeira instituição divina na terra,foi o meio pelo qual DEUS inicio o ciclo da história humana.Foi por meio dela ,ainda,que   ELE fundou a nação que traria o messias ao mundo e trouxe de fato.é devido a grande importancia que a familia tem para todos e para tudo na face da terra que o inimigo -com todas as suas hostes-luta para destrui-la ,inclusive dentro da igreja.Mas observarmos como DEUS cuida da familia:1°)Em atos 2.17,vemos que todos membros da familia estão incluidos na promessa pentecostal:"vossos filhos e vossas filhas ,vossos jovens e vossos velhos".2°)Antes de julgar o mundo com um diluvio ,DEUS promoveu salvação para noé e toda a sua familia(gn 6.18)3°)Em exodo 12.3-4 ,vemos que o SENHOR instruiu cada familia a tomar um cordeiro para si.Noite em que ELE julgou os egipcios ,os israelitas foram milagrosamente salvos pelo sangue do cordeiro.4°)na expressão "seras salvo tu e tua casa "(atos 16.31) vemos a promessa de DEUS.PARA OS LIDERES DE FAMILIA.

 

      V3  "E FORAM VISTAS POR  ELES LINGUAS REPARTIDAS" 

. V.2"...encheu toda a casa em que estavam assentados..." 

.A casa focou cheia-,o som como de um vento veemente e impetuoso encheu toda casa.Aquele primeiro derramamento do poder do Espirio Santo ocorreu numa resiencia ,numa casa de familia.Isso nos leva a refletir sobre o importante papel da familia cristã cheia do Espirito Santo ,para a igreja .A familia ,como primeira instituição divina na terra ,foi o meio pelo qual Deus iniciou o ciclo da história humana. Foi por meio dela ,ainda ,que ele iniciou ou nação que traria o messias ao mundo e o trouxe.

 O texto aqui mostra como que o fogo foram repartidas. O verdadeiro pentecostes tem algo para se ouvir do céu "veio se ver do céu "foram vistas por eles linguas"e para repartir ,também vindo do ceu "linguas repartidas"

 

Essas linguas são "como de fogo" 

,Desceram como fogo (AT2.3 MT 3.11) porque o fogo produz  luz purifica aquece o coração (MT4.7 5.28).Vemos neste texto diversidades de linguas repartidas como de fogo ,isso nos fala das diversidades de linguas o fogo é a garantia de que Deus estava nesse negócio visto que para os Judeus a manifestação divina estava ligada ao fogo.Linguas de fogo",isso tambem pode ser uma alusão a sarça ardente (EX 3.25),Que simboliza a presença divina.A manifestação externa da descida do Espito Santo foi outro sinal de poder.Moises foi chamado por Deus com fogo(EX6.1-8).(notas biblia .est .pentecostal cpad). 

 

Essa linguas "como que de fogo",isto é ,fogo sobrenatural, celetial ,e não fogo estranho.Veja a aplicação espiritual desse "fogo do céu":

                  1°.O fogo alastra-se,comunica-se.

                  2°O fogo purifica.Contra impureza espiritual,a principal força é o Espirito Santo.

                  3°.O fogo ilumina.E o saber ,o conhecimento das coisas de Deus. 

                  4°O fogo aquece.A igreja é o corpo de Cristo.Todo corpo vivo é quente.

                5°O fogo ,para queimar bem,de depende muito da maneira ,se é boa ou ruin.Que tipo de "madeira" somos nós e tu?Disso tambem depende o fogo divino em nós.

                 6°O fogo tanto estira o ferro ,como a roupa macia

                7°quam nasce sob fogo não esmorce sob o sol.Foi o fogo do céu que fez o templo de Salomão a casa de Deus(2 cr 7.1 e 1cor 3.16).   

           

              V.4"...e todos foram cheios do Espirito Santo ..." 

-Todos cheios-Esse é o cumprimento inicial da promessa de Jesus (1.5-8).As expressões intercambiais aos ouvintes v.6 .Uma pratica carateristico da plenitude do Espirito Santo.Receberam agora vida abundante que Jesus havia falado(jo 10.10).Cada um ficou cheio do Espirito Santo , o  seu templo cheio de Deus(1/cor 6.19;3.16).Assim antes o tabernaculo fora cheio (EX40.34),e tambem o templo (cronicas .1,2) todo.

 isto é de fogo sobrenatural,celestial e não fogo estranho.vejamos a aplicação espiritual desse "fogo do ceu":1°o fogo alastra ,comunica-se.2°o fogo purifica.contra a impureza espiritual força é o ESPIRITO SANTO.3°o fogo ilumina.é o saber ;o conhecimento das coisas de DEUS.4°o fogo aquece .a igreja é o corpo de cristo ,todo corpo vivo é quente.5°o fogo para queimar bem ,depende muito da madeira ;se é boa ou ruim.que tipo de "madeira"voce é eu tú?disso também depende  fogo divino em nós.6°o fogo estira o ferro duro ,como a roupa macia.7°quem nasce sob o fogo não esmoresse sob o sol "foi o fogo do céu que fez do templo de salomão a casa de DEUS(2cr 7.1 e 1cor 3.16).8° A palavra teológicamente ela tem variações no seu significado.Tenhamos o cuidado de encontrar os sentidos que uma expressão bíblica pode nos transmitir ;se é literal ou figurado ou positivo .Para descobrimos o significado de uma palavra em estudo devemos buscar em seu contexto gramatical ,histórico ,doutrinario ,etc .no texto em foco ,a palavra "fogo" são ricas em significados espirituais .Ambas possuem sentido negativo e positivo ,literais e figurados por isso devem ser interpreta á luz do contexto que as envolve.Em por exemplo mt 3.11-12 ,"..ele vos batizara com fogo "a expressão "com o ESPIRITO SANTO E COM FOGO"une a pessoa do ESPIRITO SANTOa sua obra purificadora ,atravez do fogo.Tanto o ESPIRITO SANTO como o fogo estão intimamente ligados ao propósito do batizador,jesus .A forma original no grego "em fogo"fortalece ainda mais a relação entre o espirito santo e o fogo."em fogo tem um sentido positivo na nova vida em CRISTO.O fogo está intimamente ligado á obra do ESPIRITO SANTO na vida do crente ,e não contra os pecadores.Note que o ESPIRITO SANTO e o fogo tem uma profunda relação ,assim como o  ESPIRITO SANTO e a agua (jo 3.5).

 O fogo em mateus 3.11 ,tem o sentido de "poder"que penetra e purifica os mais duros metais.O ouro ,por exemplo ,quando sai do crisol ,expele toda a impureza e torna-se o mais  valioso de todos.

    No dia de pentecostes ,esse fogo manifestou -se literalmente sobre os discipulos ,sem destrui-los  nem conde-los ao inferno.Mas os purificou das impurezas carnais.Lembremo-nos que no mesmo dia dois elemnentos da natureza ,o vento e o fogo ,manifestaram-se como simbolos da obra do ESPIRITO SANTO(at2.2,3).Deus se manifesta em fogo(ex 19.17 ,18  hb 12.29)Deus se manifestou a moises em uma chama de fogo no meio de uma sarça ,a qual ardia no fogo ,mas não se consumia(ex 3.2).

 Daniel viu o trono de DEUS em chama de fogo(dn7.9,10).Malaquias o descreveu como o fogo do ourives ,o qual purificara os filhos de levi como ouro e como prata ;o fogo de DEUS queimando todas as escórias(ml 3.2-3).João viu a Jesus glorificado com olhos como chama de fogo(ap1.14-15) .O batismo com ESPIRITO SANTO é batismo de fogo (combustão que emite luz e calor).Os 120 crentes reunidos no cenaculo foram queimados pelo fogo de DEUS ;foram cheios do poder de DEUS;e foram transformados em testemunhas.E que  testemunhas,sairam do cenaculo para abalar o mundo ,somente no primeiro dia quase tres mil pessoas aceitaram a Jesus.O fogo tem caracteristica de propagar-se.O ESPIRITO SANTO nestes ultimos dias produziu um ardor bendito que se difundiu por toda parte ,irradiando-se pelo mundo.Perseguições não puderam deter a expansão desta chama.Quando o crente recebe o batismo de fogo ele se torna uma luz intensa(sl 104.4 hb 1.7)  

 

V3."....E COMEÇARAM A FALAR NOUTRAS LINGUAS"varios dons do ESPIRITO SANTO  são exercidos atravez da língua como sinal externo do batismo no ESPRITO SANTO.As linguas são apresentadas ,também como um dos dons  do ESPIRITO SANTO (1°COR12.10,30).Quando comparamos as passagens  de at 2.17 e 19.6,vemos que os dons espirituais podem ser concedidos por DEUSno momento do batismo ,como foi ensinado  sobre essas coisas da bíblia?

 

 Glossolalia. No dia de Pentecostes, pessoas oriundas de várias nacionalidades, judeus e prosélitos, estavam reunidas em Jerusalém para a celebração da festa sagrada do Pentecostes (At 2.5). No momento em que o Senhor derramou o seu Espírito (v.15), a área do Templo estava repleta. As línguas estranhas, como sinal, que os discípulos de Jesus falavam chamaram a atenção da multidão deixando-a perplexa com o fenômeno (At 2.6-12). O falar em línguas, a glossolalia, é a manifestação física do enchimento do Espírito Santo. Tal fenômeno não se restringe a Atos 2, pois o encontramos em diferentes passagens (1 Co 12.30; 14.5,6).

 Xenolalia. Segundo Stanley Horton, xenolalia “é o falar em línguas num idioma conhecido, estranho apenas a quem o fala”. No dia de Pentecostes, os crentes cheios do Espírito Santo falaram num idioma desconhecido para eles, mas, como a cidade de Jerusalém estava repleta de estrangeiros, estes puderam tomar conhecimento da mensagem do Evangelho em sua própria língua. O que vemos em Atos 2 foi uma concessão divina, a fim de que muitos pudessem crer em Jesus e receber a salvação. Foi um sinal para os incrédulos. Foi o batismo com o Espírito Santo acompanhado, simultaneamente, de uma mensagem de salvação. Ainda que raro, este fenômeno repete-se segundo a soberania divina e em momentos em que ele faz-se necessário.

 “Outras Línguas.Um só sinal fazia parte do batismo pentecostal. Todos os que foram cheios do Espírito Santo começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. Isso quer dizer que faziam uso das suas línguas, dos seus músculos. Falavam. Mas as palavras não brotavam das suas mentes ou do seu pensamento. O Espírito lhes concedia que falassem, e expressavam as palavras com ousadia, em voz alta, e com unção e poder.

Isso é interpretado de várias maneiras. Alguns se detêm no versículo 8 (‘Como pois os ouvimos, cada um, na nossa própria língua em que somos nascidos?’) e supõem que todos os discípulos falaram em sua língua materna, aramaico, e que se tratava de um milagre de audição ao invés de fala. Mas os dois versículos anteriores são muito claros. Cada um os ouvia falar na sua própria língua, sem o sotaque galileu.

Outros chegam a um meio-termo, e dizem que os discípulos falavam em línguas desconhecidas, que o Espírito Santo interpretava nos ouvidos de cada um dos ouvintes em sua própria língua. Mas Atos 2.6,7 exclui essa interpretação, também. Os 120 falavam em idiomas que foram compreendidos por pessoas de diversas nações. Esse fato testemunhou a universalidade do dom e da unidade da Igreja” (HORTON, S. M. A Doutrina do Espírito Santo. RJ: CPAD, 2001, p.155). 

Glossolalia [Do gr. glosso, língua + lalia, falar em língua]. Dom sobrenatural concedido pelo Espírito Santo, que capacita o crente a fazer enunciados proféticos em línguas que lhe são desconhecidas.

O objetivo da glossolalia é enunciar sobrenatural e extraordinariamente o Evangelho de Cristo, como aconteceu no Dia de Pentecoste (Atos 2); levar o crente a consolar-se no espírito, e a proclamar, com o auxílio do dom da interpretação, o conhecimento e a vontade de Deus à Igreja (1 Co 14).A glossolária, conhecida também como dom de línguas [desconhecidas], é um dom espiritual que, à semelhança dos demais, não ficou circunscrito aos dias dos apóstolos: continua atual e atuante na vida da Igreja” (ANDRADE, C. C. Dicionário Teológico. 6.ed., RJ: CPAD, 1998, p.167). 

Xenolalia — O falar em línguas num idioma conhecido, estranho apenas a quem o fala. O interesse generalizado pelo batismo e dons do Espírito Santo convenceu alguns [os evangélicos do século XIX] de que Deus concederia o dom de línguas a fim de equipá-los com idiomas humanos identificáveis (xenolalia) para que pudessem anunciar o Evangelho noutro países, agilizando assim a obra missionária.

 [...] Em 1895, o autor e líder do Movimento da Santidade, W. B. Codbey, disse que o ‘dom de línguas’ era ‘destinado a desempenhar um papel de destaque na evangelização do mundo pagão e no cumprimento profético glorioso dos últimos dias. Todos os missionários nos países pagãos deviam buscar e esperar esse dom que os capacitaria a pregar fluentemente no vernáculo’.

 Entre os que esperavam o recebimento do poder do Espírito para evangelizar rapidamente o mundo, achava-se o pregador da Santidade, em Kansas, Charles Fox Parham e seus seguidores. Convencido pelos seus próprios estudos de Atos dos Apóstolos, e influenciado por Irwin e Sandford, testemunhou Parham um reavivamento notável na Escola Bíblica Bethel, em Topeka, Kansas, em Janeiro de 1901. A maioria dos alunos, bem como o próprio Parham, regozijaram-se por terem sido batizados no Espírito e de haverem falado noutras línguas (xenolalia). Assim como Deus concedera a plenitude do Espírito Santo aos 120 no Dia do Pentecoste, eles também haviam recebido a promessa (At 2.39).

Depois de 1906, os pentecostais passaram a reconhecer, cada vez mais, que, na maioria das ocorrências do falar em línguas, os cristãos realmente estavam orando em línguas não identificáveis e não em idiomas identificáveis (glossolalia ao invés de xenolalia). Embora Parham mantivesse sua opinião a respeito da finalidade das línguas na pregação transcultural, os pentecostais chegaram finalmente à conclusão: as línguas representavam a oração no Espírito, a intercessão e o louvor”. (notas HORTON, S. M. et all. Teologia Sistemática: Uma Perspectiva Pentecostal. 10.ed., RJ: CPAD, 2006, pp.15-17,19,20 

 

    V.4 "....E COMEÇARAM A FALAR EM OUTRAS LINGUAS ,CONFORME O ESPIRITO SANTO LHES CONCEDIA QUE FALASSEM"As linguas  estranhas é uma fala dirigida a Deus :a língua estranha tem uma finalidade muito daquela que é ser um sinal do recebimento do batismo com o ESPIRITO SANTO,conforme 1cor 4.2 o que fala lingua estranha não fala aos homens ,se não a DEUS,e em espirito fala de mistérios .Assim ,embora aquele que fala não entenda o que está falando ,o seu espirito esta falando de mistérios com DEUS,isto é a língua estranha torna-se um modo de comunicação com DEUS.Orando em linguas ,o crente expressa a DEUS palavras que o ESPIRITO SANTO concede que ele fale.O ESPIRITO SANTO ajuda nas nossas fraquezas porque não sabemos o que havemos  de como convem (rm 8.26).O  que fala em linguas estanha edifica a si mesmo (1cor 14.4):em  linguas o crente batizado com o ESPIRITO SANTO ADORA ADEUS EM MISTÉŔIOS e é edificado.Que riqueza gloriosa DEUS coloca á disposição de seus filhos.

O ESPIRITO SANTO é derramado sobre vidas verdadeiras regeneradas,purificadas pelo sangue de JESUS ,e é unicamente  jesus quem concede o batismo ,acompanhado de linguas estranhas ,aqueles que com coração sincero e quebrantado(sl51.17)buscam a promessa com fé 9HB6.12).(notas revista manual  do obreiro cpad 2008).

 

Postado por mauricio berwald

fonte www.mauricioberwaldoficial.blogspot.com.br