Translate this Page

Rating: 2.6/5 (268 votos)




ONLINE
3




Partilhe esta Página



 <!-- Go to www.addthis.com/dashboard to customize your tools -->
<script type="text/javascript" src="//s7.addthis.com/js/300/addthis_widget.js#pubid=ra-57f3fb36829d1888"></script>

 

 

  contadores de visitas 

 

Flag Counter


LIÇÕES CONECTAR 4 TRIM-2019 ESCAPATE-POR TUA VIDA
LIÇÕES CONECTAR 4 TRIM-2019 ESCAPATE-POR TUA VIDA

      

                                                           

 

Lição 01: Fugindo da aparência do mal: Betel Conectar+

4º Trimestre de 2019 - Jovens

 

TEXTO DE REFERÊNCIA

1 A prevaricação do ímpio fala no íntimo do seu coração; não há temor de Deus perante os seus olhos.

 

2 Porque em seus olhos se lisonjeia, até que a sua iniquidade se mostre detestável.

 

3 As palavras da sua boca são malícia e engano; deixou de entender e de fazer o bem.

 

4 Maquina o mal na sua cama; põe-se em caminho que não é bom; não aborrece o mal. Sl 36.1-4

 

 

 

VERSÍCULO DO DIA

Abstende-vos de toda aparência do mal. 1 Ts 5.22

 

 

 

OBJETIVOS DA LIÇÃO

Entender o que é a maldade;

Compreender que é necessário se afastar do que é mal;

Aprender como vencer o mal.

 

 

INTRODUÇÃO

Os dias que estamos vivendo, as dificuldades, as tentações e provações, são patentes. Vivemos dias que precisamos fugir do mal a fim de escaparmos por nossas vidas; é como diz a palavra de Deus: “remindo o tempo porque os dias são maus” (Ef 5.16).

Resgatemos o fervor espiritual.

 

 

1 – ENTENDENDO A MALDADE

https://www.dicionário.com.br/maldade/

Maldade: Substantivo feminino;

Crueldade; qualidade da pessoa má; característica do que é ruim.

 

Desumanidade; comportamento de quem busca prejudicar ou ofender.

 

Sarcasmo; que expressa malícia, vontade de denegrir.

 

Traquinice; comportamento travesso, traquinas.

 

Etimologia (origem da palavra maldade).

 

Do latim malitas.atis.

 

 

1.1 – O início da maldade

Lúcifer era um querubim especial, criado para comando do louvor e adoração diante do trono de Deus.

 

Tudo foi posteriormente corrompido; Ezequiel 28:15, lemos: “até que se achou iniquidade em ti”. Era cheio de sabedoria e formosura, perfeito eras nos teus caminhos; mas o seu coração se ensoberbeceu, quis trazer para si toda a adoração do criador, conforme se lê em Ezequiel 28:15,17).

 

Os anjos são seres pessoais, com personalidade, raciocínio; são seres totalmente pessoais. Quando se corrompeu seu coração, ele armou um plano para tomar o lugar de Deus. Com isso o pecado invadiu o universo.

 

Lemos em Ezequiel 28:16: “Na multiplicação do seu comércio…”; implica na decisão de 1/3 dos anjos em acompanhá-lo, tê-lo como chefe, e foram lançados fora da presença de Deus. Ele fez um comércio, negociou com os anjos e 1/3 deles aceitaram. “… encheram o teu interior (coração) de violência, e pecaste”; o pecado invadiu o universo.

 

Quando o pecado entrou no coração de Lúcifer, ele se separou de Deus e se tornou Satanás (adversário) e os anjos que o acompanharam (1/3), se tornaram anjos caídos.

 

 

1.2 – A maldade da humanidade

Mesmo antes da desobediência de Adão e Eva, o pecado se fez presente no mundo angélico com a queda de Satanás e dos demônios. Mas com respeito à raça humana, o primeiro pecado foi o de Adão e Eva no jardim do Éden (Gn 3.1-19).

 

O ato de comer o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal é, em muitos aspectos, típico do pecado em geral.

 

 

Primeiro, seu pecado atingiu a base do conhecimento, pois deu uma resposta diferente à pergunta “O que é verdadeiro?” Deus dissera que Adão e Eva morreriam se comessem da árvore (Gn 2.17), mas a serpente afirmou: “É certo que não morrereis” (Gn 3.4). Eva decidiu duvidar da veracidade da palavra de Deus e então fez uma experiência para ver se Deus falava a verdade.

 

Segundo, o seu pecado atingiu a base dos parâmetros morais, pois deu uma resposta diferente à pergunta “O que é certo?” Deus dissera que era moralmente certo que Adão e Eva não comessem o fruto daquela única árvore (Gn 2.17). Mas a serpente sugeriu que seria certo comer do fruto e que ao comê-lo Adão e Eva se tornariam “como Deus” (Gn 3.5). Eva confiou na sua própria avaliação do que era certo e do que seria melhor para ela, negando às palavras de Deus a prerrogativa de definir o certo e o errado. Ela viu “que a árvore era boa para se comer, agradável aos olhos e árvore desejável para dar entendimento” e, portanto, “tomou-lhe do fruto e comeu” (Gn 3.6).

 

Terceiro, seu pecado deu uma resposta diferente à pergunta: “Quem sou eu?” A resposta correta era que Adão e Eva eram criaturas de Deus, dependentes dEle e sempre subordinadas a Ele, seu Criador e Senhor. Mas Eva, e depois Adão, sucumbiram à tentação de ser “como Deus” (Gn 3.5), tentando assim colocar-se no lugar de Deus.E importante insistir na veracidade histórica da narrativa da queda de Adão e Eva. Assim como o relato da criação de Adão e Eva está vinculado ao restante da narrativa histórica do livro de Gênesis, também esse relato da queda do homem, que se segue à história da sua criação, é apresentado pelo autor como história objetiva e verídica.

 

 

ESCOLA DOMINICAL BETEL CONECTAR - Lição 2

 

EU ME IMPORTO!

 

 

 

Versículo do dia

"Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitado, lhe cerrar as suas entranhas, como estará nele o amor de Deus?", 1 Jo 3.17

 

Para impactar

Devemos escapar do comodismo e demonstrar com ações que o nosso próximo é sim muito importante pois, se não amarmos o próximo como amaremos a Cristo?

 

Textos de Referência.

1 Jo 3.16-19

 

Introdução

Nesta lição, estudaremos sobre o valor de se estender a mão ao necessitado. Veremos que a verdadeira riqueza não está ligada ao que se possui, e sim a capacidade de doar. Amar o próximo não é apenas um sentimento, mas também uma ação.

 

#pontochave

Só vencemos a indiferença desse mundo se nos tornarmos a diferença. "Não me preocupo com o que pode acontecer daqui a cem anos. Aquele que governa o mundo antes de eu nascer cuidará disso igualmente, quando eu estiver morto. A minha parte é melhorar o momento presente" John Wesley

 

  1. O QUE É AMAR O PRÓXIMO?

"E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.", Mt 22.39

 

1.1. O verdadeiro amor

O Senhor Jesus durante o seu ministério terreno fez questão de, inúmeras vezes, demonstrar a importância de amar o próximo.

Quando Ele diz que devemos amar o próximo como a nós mesmos, significa que devemos fazer com que o nosso próximo viva com a mesma dignidade que nós vivemos.

Amar é ter compaixão, é querer bem, é se colocar no lugar do outro, sendo que este sentimento deve ser constante e interminável. Escreveu o grande escritor Max Lucado:

"Meu amor por você terminará no mesmo dia em que o amor de Deus por mim tiver fim".

 

1.2. Uma prova de amor

Há inúmeras demonstrações de amor na Bíblia, mas uma história que se encaixa muito bem neste tema é a parábola do Bom Samaritano (Lc 10.25-37), na qual um homem é assaltado e agredido, ficando desfalecido na estrada. Dois religiosos passam ao largo, porém um samaritano demonstra o verdadeiro valor do amor ao próximo, sem olhar para a cultura, a religião, a cor e tantas coisas mais, ele prontamente decide ajudar o seu próximo, sem reservas, apenas por amor.

"Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.", Mt 5.16

 

#pararefletireadorar

"Se o amor é autodoador, então inevitavelmente ele vulnerável à dor". Jonh Stott

 

  1. O PAPEL DO CRISTÃO

"E a multidão o interrogava, dizendo: Que faremos, pois?E, respondendo ele, disse-lhes: Quem tiver duas túnicas, reparta com o que não tem, e quem tiver alimentos, faça da mesma maneira.", Lc 3.10,11

 

2.1. A importância de se fazer o bem

Imagine uma corda branca extremamente extensa e que, apenas no início dela, cerca de um centímetro fosse vermelha, imaginou? Pois bem, vamos dizer que esta corda é a linha do tempo, e que, enquanto a parte vermelha é a nossa vida terrena, a branca representa a eternidade.

A parte vermelha por menor que seja é fundamental para definir onde e como estaremos no restante da corda. O que isso significa?

Significa que o que fazemos aqui na terra determina como será a nossa eternidade.

Fazer o bem ao próximo além de uma ordenança do próprio Senhor Jesus, também produz recompensa:

"Ao Senhor empresta o que se compadece do pobre, ele lhe pagará o seu benefício.", Pv 19.17

 

2.2. Estendo a mão

Vemos nos dias de hoje milhares de pessoas que são consumidas pela avareza (apego excessivo a riqueza) e pelo egoísmo (amor exagerado a seus próprios interesses), porém, nada é mais satisfatório na vida de um cristão do que ver a alegria de quem é alcançado por uma mão estendida em momentos de adversidades.

Só venceremos a indiferença desse mundo se nos tornarmos a diferença.

"Não me preocupo com o que pode acontecer daqui a cem anos. Aquele que governa o mundo antes de eu nascer cuidará disso igualmente, quando eu estiver morto. A minha parte é melhorar o momento presente" John Wesley

 

"E não vos esqueçais da beneficência e comunicação, porque com tais sacrifícios Deus se agrada.", Hb 13.16.

 

  1. FAZENDO A DIFERENÇA

"Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação.", 2 Tm 1.7

 

3.1. Mãos preparadas

A beneficência deve ser uma prática comum a todo cristão que observa a Palavra de Deus. A mesma compreende alguns requisitos básicos, sendo que o primeiro e mais importante é o amor ao próximo, mas paralelo a este, torna-se necessário saber abordar a pessoa que será ajudada, demonstrando que ela é importante e que a ajuda oferecida não tem outro propósito a não ser dignificar a pessoa, já que alguns indivíduos se sentem humilhados e envergonhados diante da situação de precariedade.

O livro de Tiago trata da verdadeira religião que está fundamentalmente ligada à beneficência.

"A religião pura e imaculada para com Deus e Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo.", Tg 1.27

 

3.2. Tendo estratégias

Para o êxito da beneficência através da igreja do Senhor é importante criar estratégias desde o recolhimento dos donativos até a sua entrega. Também se faz necessário que os voluntários sejam pessoas de fé, inteligência e coragem.

"E não vos esqueçais da beneficência e comunicação, porque com tais sacrifícios Deus se agrada.", Hb 13.16

 

Conclusão

O maior mandamento entre todos é "Amar a Deus sobre todas as coisas e ao seu próximo como a ti mesmo." Esse amor precisa ser demonstrado não apenas em palavras mas também em ações! O verdadeiro cristão é sensível aos problemas e necessidades alheias. Pare e pense: as suas atitudes e obras para com o próximo refletem o amor de Cristo e sua profissão de fé?

 

#aprendeu

  1. O que significa amar o próximo?
  2. Como podemos vencer a indiferença?
  3. O que é necessário para o exercício de beneficência?

 

 

ESCOLA DOMINICAL BETEL CONECTAR - Lição 3

 

#COMPARTILHANDOJESUS

___/ ___/ ______

 

 

Versículo do dia

"Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue?", Rm 10.14

 

Para impactar

Ainda que pareça que através dos avanços tecnológicos o mundo todo tem sido alcançado pelo Evangelho, devemos saber que mais de dois bilhões de pessoas nunca ouviram falar do nome de Jesus, mas com sua ajuda, jovem, podemos quebrar essas barreiras.

 

Textos de Referência.

Mt 28.16-20

 

Introdução

Nesta lição, trataremos da importância de compartilhar o amor de Cristo à todas as pessoas. Vivemos em uma época em que compartilhamos fotos, viagens, comidas, experiências e tantas coisas mais, mas nos esquecemos, muitas vezes, de compartilhar o mais importante: " As boas novas de salvação".

 

#pontochave

"Devemos evangelizar hoje os que estão perto, mas também quebrar barreiras e alcançar esse mundo que anda a passos largos para a perdição".

 

  1. ANUNCIANDO AS BOAS-NOVAS

"E dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho.", Mc 1.15

 

1.1. Trocando as prioridades

Os dias de hoje são marcados pelo ritmo frenético, trabalho, escola, família, amigos, viagens e tantas coisas mais, que até parece muito pouco um dia ter apenas 24 horas, porém, dentro desta vida alucinante que temos, esquecemos (muitas vezes) ou não arrumamos tempo para algo tão importante na vida do cristão, o Evangelismo.

Um dos maiores inimigos do Evangelismo na atualidade é a inversão de prioridades, já que colocamos à frente do Reino de Deus, o trabalho, os amigos, os familiares, os estudos e etc., e isso faz com que as boas-novas de salvação fiquem para segundo plano.

"Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.", Mt 6.33

 

1.2. Esse é o tempo!

Estamos diante do maior e mais rápido avanço tecnológico de toda a história da humanidade; informações que podem ser absorvidas quase que instantaneamente por milhões de pessoas, contato em tempo real com muitos do outro lado do mundo, meios de locomoção incrivelmente avançados, mas algumas coisas não evoluíram na mesma velocidade, por exemplo, o desejo ardente de falar de Jesus para todo o mundo. Isto se fez necessário pois, existem nações que ainda não conhecem a Jesus e sua missão de amor.

Jesus conta muito com todos e principalmente com a juventude cristã que pode ser e fazer a diferença quanto ao "Ide".

Devemos evangelizar hoje os que estão perto, mas também quebrar barreiras e alcançar esse mundo que anda a passos largos para a perdição

"Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.", At 1.8

 

#pararefletireadorar

"Não são os grandes homens que transformam o mundo, mas sim os fracos e pequenos nas mãos de um grande Deus." Hudson Taylor

 

  1. ESTRATÉGIAS MISSIONÁRIAS

"Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns.", 1 Co 9.22

 

2.1. Sendo amigo de todos

O trabalho missionário tem dois níveis de alcance principais, que geralmente são utilizados dentro da missão evangelística. O primeiro é o nível local, ou seja, um trabalho feito dentro de uma pequena zona territorial, que pode ser uma vizinhança, uma roda de amigos, colegas de trabalho e etc.

O segundo nível é conhecido como alcance universal, onde o trabalho de evangelização alcança uma larga escala.

O trabalho local é extremamente importante, pois se deriva do contato pessoal, ou seja, a conversa com pessoas, a ajuda, a atenção, a oportunidade de sanar dúvidas individualmente, tudo isso lança sementes que poderão germinar, se transformar em árvores e dar belos frutos frutos no futuro (Mt 13.23).

 

"Jesus conta muito com todos e principalmente com a juventude cristã que pode ser e fazer a diferença quanto ao "Ide"

 

2.2. Usando a tecnologia

A tecnologia se destaca sobre os demais meios de comunicação, pois tem o poder de alcançar milhares de pessoas em escala global e, estas por sua vez, interagem entre si, inclusive em tempo real, se assim desejarem. Muitos cristãos e igrejas vêm utilizando essa importante e eficaz ferramenta para anunciar as boas-novas de salvação no país e além fronteira, onde os seus pés nunca pisariam!

 

  1. MUITO TRABALHO A FAZER

A organização Alliance for the Unreached (Aliança para os não alcançados) divulgou uma pesquisa onde 3,2 bilhões de pessoas no mundo ainda não tiveram a oportunidade de ouvir ou aprender sobre o Evangelho.

 

3.1. Não podemos parar

Dados revelam que, a cada minuto no mundo, 180 pessoas nascem e cerca de 102 morrem, isso denota uma urgência em se apresentar o Evangelho de Cristo a esta humanidade perdida (Mt 28.19).

 

3.2. Vencendo as barreiras

O maior cinturão da resistência ao Evangelho é a janela 10x40, onde se encontram 61 países que têm uma forte rejeição a entrada do Evangelho, porém, existem missionários que estão mudando o rumo de alguns povos nessa faixa, fazendo com que pessoas se rendam aos pés de Cristo. Você, jovem, precisa fazer parte desse projeto. Você é importante na propagação do evangelho!

 

Conclusão

O Evangelho precisa ser propagado à todas as nações, e cada membro do corpo de Cristo é uma peça fundamental para alcançar este objetivo. Jovem, Jesus conta com sua capacidade, vontade e dedicação para que o mundo conheça a verdade que é Jesus Cristo.

 

#aprendeu

  1. Qual é um dos maiores inimigos do Evangelismo na atualidade?
  2. Quais são os dois níveis de alcance principais que geralmente são utilizados dentro da missão evangelística?
  3. Qual é o maior cinturão de resistência ao Evangelho no mundo hoje?

 

Fonte: Revista Betel Conectar