Translate this Page

Rating: 2.5/5 (63 votos)




ONLINE
2




Partilhe este Site...



 

 

 

  contadores de visitas 

 

Flag Counter


Avivamento da Rua Azusa Revival
Avivamento da Rua Azusa Revival

                                                              Rua Azusa Revival
                                         Artigo Mauricio Berwald                                                                                Parte de uma série sobre

Pentecostalismo

A Rua Azusa Revival era um histórico Pentecostal encontro de avivamento que ocorreu em Los Angeles, Califórnia e é a origem do movimento pentecostal. [1] Foi conduzido por William J. Seymour, um Africano americano pregador. Tudo começou com uma reunião em 9 de Abril de 1906, e continuou até cerca de 1915. O renascimento foi caracterizado por experiências de êxtase espiritual acompanhadas por milagres, cultos dramáticas, falar em línguas, e mistura inter-racial. 

Os participantes foram criticados pelos meios de comunicação seculares e cristãos teólogos para comportamentos considerados ultrajante e pouco ortodoxo, especialmente na época. Hoje, o renascimento é considerado pelos historiadores para ser o principal catalisador para a expansão do pentecostalismo no século 20.

 

 Los Angeles 

William J. Seymour, líder da Rua Azusa Revival

 

Em 1905, William J. Seymour, o caolho 34-year-old filho de ex-escravos, era um estudante de bem-conhecido pregador pentecostal Charles Parham e um pastor interino por uma pequena santidade igreja em Houston, Texas.  Neely Terry, uma mulher americana Africano que participou de uma pequena Igreja da Santidade Julia Hutchins em Los Angeles, fez uma viagem para visitar a família em Houston no final de 1905.

  Enquanto em Houston, ela visitou a igreja de Seymour, onde ele pregou receber o Espírito Santo com a evidência de falar em outras línguas, e embora ele não tinha experimentado isso pessoalmente, Terry ficou impressionado com seu caráter e mensagem. Uma vez em casa, na Califórnia, Terry sugeriu que Seymour ser convidado para falar na igreja local.  Seymour recebeu e aceitou o convite em fevereiro de 1906, e ele recebeu ajuda financeira e uma bênção de Parham por sua planejada visita de um mês.

 Seymour chegou a Los Angeles em 22 de fevereiro de 1906, e dentro de dois dias estava pregando na igreja Julia Hutchins 'na esquina da Ninth Street e Avenida Santa Fé. Durante seu primeiro sermão, ele pregou que falar em línguas foi a primeira evidência bíblica do enchimento inevitável no Espírito Santo. [8] No domingo seguinte, 4 de março, ele voltou à igreja e descobriu que Hutchins tinha trancado a porta.

 Os anciãos da igreja rejeitado O ensinamento de Seymour, principalmente não porque ele ainda não tinha experimentado a bênção sobre o qual ele estava pregando.A condenação de sua mensagem também veio do Holiness Church Association of Southern California com que a igreja tinha afiliação.  No entanto, nem todos os membros da igreja Hutchins rejeitaram a pregação de Seymour. Ele foi convidado a permanecer na casa do membro da congregação Edward S. Lee, e ele começou a realizar estudos bíblicos e reuniões de oração lá. 

 

North Rua Bonnie Brae

Seymour e sua esposa, Jennie 

Seymour e seu pequeno grupo de novos seguidores logo se mudou para a casa de Richard e Ruth Asberry na 216 North Bonnie Brae Street. [6] Branco famílias de igrejas de santidade locais começaram a participar também. O grupo se reuniam regularmente e orar para receber o batismo do Espírito Santo. Em 9 de abril de 1906, após cinco semanas de Seymour pregação e oração, e três dias, numa destina 10 dias rápido, [9] Edward S. Lee falou em línguas pela primeira vez. No próximo reunião, Seymour compartilhou de Lee testemunho e pregou um sermão em Atos 2: 4 e em breve seis outros começaram a falar em línguas, bem como, [5] [10] incluindo Jennie Moore, que mais tarde se tornaria a esposa de Seymour. Poucos dias depois, em 12 de abril, Seymour falou em línguas pela primeira vez depois de orar a noite toda. 

Notícias dos acontecimentos em North Bonnie Brae St. rapidamente circulou entre os Africano americanos, latinos residentes e branco da cidade, e por várias noites, vários oradores iria pregar para as multidões de curiosos e interessados ​​a partir da varanda da frente da casa Asberry . Os membros da audiência incluiu pessoas de um amplo espectro de níveis de renda e origens religiosas. Hutchins, eventualmente, falou em línguas como toda a sua congregação começou a assistir às reuniões. Logo as multidões se tornou muito grande e estava cheio de pessoas falando em línguas, gritando, cantando e gemendo. . Finalmente, a varanda da frente entrou em colapso, forçando o grupo a começar a procurar um novo ponto de encontro Um morador do bairro descreveu os acontecimentos na 216 North Bonnie Brae com as seguintes palavras:

 Eles gritaram três dias e três noites. Era época da Páscoa. As pessoas vieram de todos os lugares. Na manhã seguinte não havia nenhuma maneira de ficar perto da casa. Como as pessoas veio em que eles cairiam sob o poder de Deus; e toda a cidade foi agitada. Eles gritaram até a fundação da casa cedeu, mas ninguém ficou ferido.

 

Rua Azusa

Condições] 

312 Azusa Street, Los Angeles, Califórnia, antes de sua compra pelos revivalistas.O grupo da Rua Bonnie Brae acabou descobrindo um edifício disponível em 312 Azusa Street no centro de Los Angeles, que tinha sido originalmente construído como uma Igreja Metodista Episcopal Africano no que era

 então uma parte da pobreza da cidade.  A renda foi de US $ 8,00 por mês .

] Um jornal que se refere ao centro de Los Angeles edifício como um "desabar shack". Uma vez que a igreja tinha se mudado para fora, o edifício serviu como uma casa de venda por atacado, um armazém, uma serraria, currais, uma loja de lápide, e, mais recentemente tinha sido usado como um estábulo com quartos para alugar no andar de cima. Era uma pequena rectangular, construção, de teto plano, cerca de 60 pés (18 m) de comprimento e 40 pés (12 m) de largura, totalizando 2.400 pés quadrados (220 m 2), ficou do lado de ripas brancas resistidas. O único sinal de que tinha sido uma vez uma casa de Deus foi uma única janela de estilo gótico sobre a entrada principal.

 Madeira e gesso descartado cobriam o, quarto grande celeiro-como no piso térreo. ] No entanto, ele foi protegido e limpo em preparação para os serviços. Eles realizaram sua primeira reunião em 14 de Abril de 1906.  Os serviços de igreja foram realizadas no primeiro andar, onde os bancos foram colocados em um padrão retangular.

 Alguns dos bancos foram simplesmente pranchas colocar em cima de barris de unhas vazias.  Não houve plataforma elevada, como o teto tinha apenas oito pés de altura.  Inicialmente não havia púlpito. Frank Bartleman, um participante no início do avivamento, lembrou que "o irmão Seymour normalmente sentava atrás de duas caixas de sapatos vazias, um em cima do outro. Ele geralmente manteve a cabeça dentro do top uma durante a reunião, em oração. Não houve orgulho lá .... Em que edifício antigo, com suas vigas baixos e assoalhos desencapados ... "

 O segundo andar na agora chamada Missão da Fé Apostólica  abrigava um escritório e salas de vários moradores, incluindo Seymour e sua nova esposa, Jennie. Ele também tinha uma grande sala de oração para lidar com o excesso dos serviços altar abaixo. A sala de oração era mobiliado com cadeiras e bancos feitos de Redwood Califórnia pranchas, colocou fim a fim em cadeiras sem encosto.

 A Missão da Fé Apostólica em Azusa Street, agora considerado o berço do pentecostalismo.Em meados de maio 1906, em qualquer lugar a partir de 300 a 1.500 pessoas iriam tentar encaixar-se no edifício. Desde cavalos tinham sido muito recentemente os moradores do prédio, moscas constantemente incomodado os participantes.  Pessoas de uma diversidade de origens juntaram-se para adoração: homens, mulheres, crianças, negros, brancos, hispânicos, asiáticos, ricos, pobres, analfabeta, e educado.  Pessoas de todas as idades se reuniram para Los Angeles com tanto ceticismo e um desejo de participar.  A miscigenação de raças e encorajamento do grupo das mulheres na liderança foi notável, em 1906 foi a altura do "Jim Crow" era da segregação racial,  e quatorze anos antes de mulheres que recebem o sufrágio nos Estados Unidos. 

 

Serviços e adoração 

Culto na 312 Azusa Street era frequente e espontâneo com serviços vai quase todo o dia. Entre aqueles atraídos para o avivamento não eram apenas os membros do Movimento de Santidade, mas também batistas, menonitas, Quakers, e presbiterianos.  Um observador em um dos serviços escreveu estas palavras:

Não há instrumentos de música são usados. Nenhum são necessários. Não choir- os anjos foram ouvidos por alguns no espírito. Não coleções são tomadas. Sem contas foram postados para anunciar as reuniões. Nenhuma organização da igreja é parte de trás dele. Todos os que estão em contato com Deus percebe logo que indique as reuniões que o Espírito Santo é o líder.

 

O Los Angeles Times não foi tão gentil em sua descrição: 

As reuniões são realizadas em um barraco caindo aos pedaços em Azusa Street, e os devotos da doutrina estranha praticar os ritos mais fanáticos, pregar as teorias mais selvagens e trabalhar-se em um estado de excitação louca em seu zelo peculiar. Afro-americanos e uma pitada de brancos compõem a congregação, e de noite é feita hediondo no bairro pelos uivos dos adoradores, que passam horas balançando frente e para trás em uma atitude nervosa trasfega de oração e súplica.  

A primeira edição da Fé Apostólica publicação reivindicou uma reação comum para a revitalização dos visitantes:Orgulhoso, pregadores bem vestidos, apareceram no "investigar". Logo seus altos looks foram substituídos por admirar, então convicção vem, e muitas vezes você vai encontrá-los em um curto espaço de tempo chafurdando no chão sujo, pedindo a Deus para perdoá-los e torná-los como crianças.

Entre relatos em primeira mão relatos de cegos tendo sua visão restaurada, doenças curadas imediatamente, e os imigrantes que falam em alemão, iídiche, e espanhol todos sendo falado em sua língua nativa por membros negros iletrados, que traduziram as línguas para o Inglês por " habilidade sobrenatural ".

 Cantar era esporádica e em a capela ou ocasionalmente em línguas. Houve períodos de silêncio prolongado. Frequentadores foram ocasionalmente cair no Espírito. Os visitantes deram o seu testemunho, e membros ler em voz alta testemunhos que foram enviados para a missão pelo correio. Houve oração pelo dom de línguas. Houve oração em línguas para os doentes, para os missionários, e tudo o que pedidos foram dadas por frequentadores ou enviado pelo correio. Houve pregação espontânea e altar chama para a salvação, a santificação eo batismo do Espírito Santo. Lawrence Catley, cuja família participou do renascimento, disse que, na maioria dos serviços de pregação consistia em Seymour abrir uma Bíblia e adoradores vindo para a frente para pregar ou testemunhar como eles foram guiados pelo Espírito Santo.

 Muitas pessoas continuamente gritar ao longo das reuniões. Os membros da missão nunca levou uma oferta, mas não havia um recipiente perto da porta para qualquer um que quis apoiar o renascimento. A associação do núcleo da Missão da Rua Azusa nunca foi muito mais do que 50-60 indivíduos com centenas e milhares de pessoas que visitam ou que ficam temporariamente ao longo dos anos. 

 

Charles Parham 

Em outubro de 1906, Charles Parham foi convidado a falar para uma série de reuniões a Azusa Street, mas foi rapidamente un-convidados. Várias razões podem ser dadas para a dissociação da Rua Azusa dele. Em primeiro lugar, Parham tinha conflitos de personalidade com Seymour e queria ser a figura principal autoridade do movimento que estava ocorrendo, mas os líderes presidentes da Missão da Fé Apostólica demoraram a fazer quaisquer alterações em seus métodos ou liderança.

 

Crítica 

Em uma história de primeira página intitulado cético "Babel estranhos of Tongues",  uma Los Angeles Times repórter tentou descrever o que viria a ser conhecida como a Rua Azusa Revival. "Inspirando declarações estranhas e declamando um credo que parece nenhum mortal em sã consciência poderia entender", a história começou, "o mais recente seita religiosa começou em Los Angeles".  Outro repórter jornal local Em setembro de 1906 descreveu os acontecimentos com o palavras seguintes:

... vergonhoso entrelaçamento das raças ... eles choram e fazer uivando ruídos durante todo o dia e para a noite. Eles correr, saltar, agitar todo, gritar para o topo da sua voz, girar em círculos, cair na serragem coberta repuxa chão, chutando e rolando por toda parte. Alguns deles passar para fora e não se movem por horas como se estivesse morto. Essas pessoas parecem ser louco, mentalmente perturbado ou sob um feitiço.

  Eles afirmam ser preenchido com o espírito. Eles têm um um só olho, analfabetos, Negro como seu pregador que fica de joelhos maior parte do tempo com a cabeça escondida entre as caixas de leite de madeira. Ele não fala muito, mas às vezes ele pode ser ouvido gritando: "Arrependei-vos, e ele é suposto estar a correr a coisa ... Eles repetidamente cantar a mesma canção, 'O Consolador Has Come".

 Os frequentadores das reuniões eram frequentemente descritos como "Holy Rollers", "Santo Jumpers", "Tangled Tonguers" e "Santo Ghosters". Relatórios foram publicados em todo os EUA e para o mundo dos acontecimentos estranhos em Los Angeles.

 LA Times artigo criticando o comportamento dos revivalistas na Azusa Street.Cristãos de muitas tradições que foram críticas, dizendo que o movimento era hiper-emocional, usurpada Escritura e perdeu o foco em Cristo por overemphasizing do Espírito Santo.  Dentro de pouco tempo os ministros foram advertindo suas congregações para ficar longe da Missão da Rua Azusa. Alguns chamaram a polícia e tentou fazer com que o edifício fechado. 

 

Publicação da Fé Apostólica 

Headline da primeira publicação de sempre da Fé Apostólica, a partir de setembro 1906.Além disso, a partir de setembro 1906 foi a publicação do próprio boletim do renascimento, a Fé Apostólica.  As matérias foram publicadas, ocasionalmente, se até maio de 1908, principalmente através do trabalho de Seymour e uma mulher branca chamada Clara Lum, um membro da Missão da Fé Apostólica. A Fé Apostólica foi distribuído gratuitamente, e milhares de leigos e ministros receberam cópias no mundo todo. Cinco mil exemplares da primeira edição foram impressos, e em 1907 a tiragem chegou a mais de 40.000.

 A Fé Apostólica publicação relatou os acontecimentos na Missão da Rua Azusa para o mundo. História de ligação de sua primeira edição foi intitulado "Pentecostes chegou". Ela continha uma carta de Charles Parham, um artigo sobre Pentecostes de Atos, e uma série de histórias de experiência das pessoas dentro do avivamento. [23] Uma edição em 1907 escreveu: "Um sinal da vinda do Senhor é que Ele está derretendo todas as raças e nações juntos, e eles são preenchidos com o poder e a glória de Deus. Ele está batizando por um só espírito em um só corpo e tornando-se um povo que estarão prontos para encontrá-Lo quando Ele vier ". A Fé Apostólica trouxe crescente atenção para os acontecimentos na rua Azusa eo movimento recente que era emergentes do renascimento.

 

Legado 

Em 1913, o renascimento na Rua Azusa havia perdido ímpeto, e em 1915 a maior parte da atenção e multidões mídia havia deixado. Seymour permaneceu lá com sua esposa, Jennie, para o resto de suas vidas como pastores da pequena congregação Africano americanos, embora muitas vezes ele fez viagens curtas para ajudar a estabelecer outros revivals menores mais tarde na vida. Depois Seymour morreu de um ataque cardíaco  em 28 de Setembro de 1922, Jennie levou a igreja até 1931, quando a congregação perdeu o edifício. 

 

Envio de missionários 

Como a fé apostólica e muitas seculares relatórios anunciados os acontecimentos da Rua Azusa Revival internacionalmente, milhares de pessoas visitaram a missão, a fim de testemunhar em primeira mão. Ao mesmo tempo, milhares de pessoas estavam saindo da Rua Azusa com as intenções de evangelização no exterior.  Reverend KEM Spooner visitou o renascimento em 1909 e se tornou um dos Santidade Igreja Pentecostal mais eficazes 's missionários na África, trabalhando entre os povos Tswana de Botswana.  Garr e sua esposa foram enviados da Rua Azusa como missionários para Calcutá, na Índia, onde eles conseguiram iniciar um pequeno avivamento. Falar em línguas na Índia não lhes permitir falar a língua nativa, Bengali.

O Garrs mais tarde viajou para a China onde chegaram em Hong Kong e começou a espalhar o Pentecostalismo na China continental. Eles fizeram isso através da colaboração com outras igrejas protestantes e organizações que já haviam sido estabelecidas.Garr contribuiu significativamente para início pentecostalismo através de seu trabalho mais tarde na redefinição da doutrina "evidência bíblica" e mudando a doutrina da crença de que o falar em línguas era explicitamente para a evangelização a uma crença de que o falar em línguas foi um presente para "o fortalecimento espiritual".

Missionário Bernt Bernsten viajou todo o caminho do norte da China para investigar os acontecimentos depois de ouvir que a profecia bíblica de Atos 2: 4 estava sendo cumprida. Outros visitantes deixaram o avivamento para se tornarem missionários em áreas remotas em todo o mundo. Assim, muitos missionários saiu de Azusa (alguns trinta e oito deixou em outubro 1906) que dentro de dois anos, o movimento se espalhou para mais de cinqüenta nações, incluindo a Grã-Bretanha, Escandinávia, Alemanha, Holanda, Egito, Síria, Palestina, África do Sul, Hong Kong, China, Índia e Ceilão. Os líderes cristãos visitada de todo o mundo. 

 

                        Nascimento do movimento pentecostal 

Os líderes da Missão da Fé Apostólica. Seymour é fila, o segundo da direita; Jenny está de volta fileira, terceiro da esquerda.

 Até o final de 1906, a maioria dos líderes da Rua Azusa tinha girado fora para formar outras congregações, como a Missão de Fé Apostólica 51st Street, a AFM espanhol, ea Missão Pentecostal italiano. Estas missões foram em grande parte composta de imigrantes ou grupos étnicos.

O Sudeste Estados Unidos era uma área particularmente prolífico de crescimento para o movimento, uma vez que a abordagem de Seymour deu uma explicação útil para um carismático clima espiritual que já tinha sido tomada raiz nessas áreas. Outras novas missões foram baseados em pregadores que tiveram carisma e energia. Quase todas essas novas igrejas foram fundadas entre os imigrantes e os pobres.

 Muitas denominações Wesleyana de santidade já existentes e aprovada a mensagem pentecostal, como a Igreja de Deus (Cleveland, Tennessee), a Igreja de Deus em Cristo, ea Igreja Pentecostal Santidade. A formação de novas denominações também ocorreu, motivados por diferenças doutrinárias entre Wesleyan pentecostais e seus obra acabada homólogos, tais como as Assembléias de Deus formados em 1914 ea Igreja Pentecostal de Deus formados em 1919. Uma controvérsia doutrinária precoce levou a uma cisão entre trinitária e pentecostais unicistas, esta última fundada a Assembleia Pentecostal do Mundo em 1916.

 Hoje, existem mais de 500 milhões de pentecostais e carismáticos crentes em todo o mundo, e é a forma mais rápido crescimento do cristianismo hoje.  A Rua Azusa Revival é comumente considerado como o início da moderna Pentecostal Movimento.  

www.mauricioberwaldoficial.blospot.com

Postado por mauricio berwald