Translate this Page

Rating: 2.6/5 (268 votos)




ONLINE
3




Partilhe esta Página



 <!-- Go to www.addthis.com/dashboard to customize your tools -->
<script type="text/javascript" src="//s7.addthis.com/js/300/addthis_widget.js#pubid=ra-57f3fb36829d1888"></script>

 

 

  contadores de visitas 

 

Flag Counter


Conhecendo os dois livros de Samuel (SUBSIDIO)
Conhecendo os dois livros de Samuel (SUBSIDIO)

Visão geral do livro - 1 Samuel

  1. Autor e Tempo de Escrita

 MAURICIO BERWALD PROFESSOR SUBSIDIO PARA AS AULAS DOS PROFESSORES LIÇÃO ADULTOS

Originalmente, os dois livros de Samuel formaram um livro histórico. Foram os tradutores da Septuaginta (tradução grega do AT por volta de 200 aC) que separaram o livro em duas partes. Daí em diante o primeiro livro terminou com a morte de Saul e o segundo livro começou com o reinado de Davi. A partir da Septuaginta, essa separação em dois livros foi levada para a Vulgata (tradução latina de toda a Bíblia no século 4 AC) e, finalmente, desde Daniel Bomberg (1517) também para as edições impressas da Bíblia Hebraica. Tanto na Septuaginta quanto na Vulgata os livros de Samuel são considerados parte dos livros dos Reis. Este título não é totalmente inadequado, pois nos livros de Samuel estão descritos os reinos de Saul e Davi e nos livros de Reis os reinados dos monarcas de Israel e de Judá.Samuel é mais apropriado para ambos os livros descrevem a vida de Samuel, o profeta, bem como a vida dos dois reis que foram ungidos por ele.

 

Tendo dito tudo isso, nada foi dito até o autor dos livros. Nenhum dos livros menciona nenhum autor. Segundo a tradição judaica no Talmud, Samuel era autor dos capítulos 1-24 do primeiro livro (que são os registros de seu tempo). Gad e Nathan os profetas são considerados os autores dos capítulos 25-31 e todo o segundo livro de Samuel. 1 Crônicas 29:291 Crônicas 29:29 nos dá uma sugestão para isso: "Agora, os atos de Davi, o rei, primeiro e último, eis que estão escritos no livro de Samuel, o vidente, e no livro do profeta Natã, e no livro de Gade, o vidente ". A menção do fato de que Ziclague pertence aos reis de Judá "até hoje" ( 1 Samuel 27: 61 Samuel 27: 6) é considerado por alguns como uma indicação de que o livro foi escrito após a divisão do reino sob Reoboão.

 

O primeiro livro de Samuel cobre uma época de cerca de 90 anos, começando no nascimento de Samuel por volta de 1100 aC até a morte de Saul, por volta do ano 1010 aC. O segundo livro de Samuel descreve o reinado de Davi (por volta de 1010 a 970 aC).

 

  1. Propósito da Escrita

 

Os livros de Samuel representam a transição do tempo dos juízes para o tempo dos reis. Samuel a figura central do primeiro livro é ao mesmo tempo o último juiz e o primeiro profeta ( Atos 3:24 Atos 3:24Atos 13:20 ; Atos 13:20 ).

 

Como nos livros de Juízes, a apostasia de Israel em sua responsabilidade é descrita pela primeira vez. Sob Eli e seus filhos ( 1 Samuel 2: 22-25 1 Samuel 2: 22-25 ; 1 Samuel 4: 17-18 1 Samuel 4: 17-18 ) e também sob os dois filhos de Samuel ( 1 Samuel 8: 1-21 Samuel 8: 1-2 ) o ofício do juiz desmorona em pedaços. A decadência na casa de Eli é tanto mais grave quanto o sacerdócio, que deve ser o meio entre Deus e o povo. Os inimigos roubam até mesmo a arca da aliança, a peça mais sagrada do tabernáculo e o sinônimo do trono de Jeová.

 

Nessa condição de coisas, Deus envia Samuel ao primeiro profeta que defende Jeová com o povo de Israel. Também Samuel introduz o reino. A princípio isto acontece a pedido do povo (o rei Saul, o homem segundo a carne) e então Deus escolhe Davi (o homem segundo o coração de Deus). Leia 1 Samuel 13:141 Samuel 13:14 .

 

Davi faz de Jerusalém o centro político e religioso de Israel ( 2 Samuel 5: 6-12 2 Samuel 5: 6-12 ; 2 Samuel 6: 1-17 2 Samuel 6: 1-17 ). Tanto a palavra de Jeová ( 2 Samuel 7: 4-16 2 Samuel 7: 4-16 ) como as palavras de Davi ( 2 Samuel 23: 1-72 Samuel 23: 1-7 ) enfatizam a importância do reino dado por Deus. Também o senhorio milenar do Messias é profeticamente apontado.

 

  1. Peculiaridades

 

  1. a) Tipologia

 

O ofício de Samuel como profeta antes da introdução do reino é uma figura da obra de Deus no verdadeiro dia da graça. Saul (o homem segundo a carne) reina primeiro como rei enquanto Davi (o rei ungido de acordo com a mente de Deus) é rejeitado e perseguido (imaginando Cristo). É somente após a morte do adversário que Davi começa a reinar. Mas seu reinado ainda não é caracterizado pela paz, mas pelo combate. Enquanto Salomão é um tipo do Senhor Jesus durante o Seu reino milenar de paz, Davi tipifica a Cristo como o rejeitado que executará o julgamento em Seu aparecimento.

 

  1. b) Oração

 

A oração desempenha um papel importante, particularmente no primeiro livro de Samuel.

 

Já o nome de Samuel significa "ouvido de Deus" ou "pedido de Deus". Ana orou por um filho ( 1 Samuel 1: 10-18 1 Samuel 1: 10-18 ; 1 Samuel 1: 26-27 1 Samuel 1: 26-27 ) e ela agradeceu a Deus quando ela recebeu um filho ( 1 Samuel 2: 1-101 Samuel 2: 1-10 ).

 

Deus deu a vitória a Israel sobre os filisteus em resposta à oração 1 Samuel 7: 5 de Samuel ( 1 Samuel 7: 5 ; 1 Samuel 7: 91 Samuel 7: 9 ).

 

Quando Israel em auto-vontade exigiu um rei, Samuel orou a Deus e Deus respondeu a sua oração ( 1 Samuel 8: 6-91 Samuel 8: 6-9 ).

 

Samuel, o homem de oração, recebe revelações de Deus ( 1 Samuel 9:151 Samuel 9:15 ).

 

Teria sido pecado para Samuel não orar por seu povo Israel ( 1 Samuel 12:19 1 Samuel 12:19 ; 1 Samuel 12:231 Samuel 12:23 ).

 

  1. c) A Arca de Deus

 

A arca com o propiciatório era o trono de Jeová entre o Seu povo, que é o testemunho da Sua presença. A história desta arca nos livros de Samuel mostra claramente a condição do povo aos olhos de Deus. Em 1 Samuel 3: 31 Samuel 3: 3 a arca estava em Shiloh e Samuel vivia lá. No cap. 4 A arca é trazida de Siló para o acampamento militar de Israel, para produzir a vitória sobre os filisteus.

 

Mas os filisteus tomam a arca como presa; Eli morre nesta mensagem e Deus pune os filisteus por tomarem a arca (1 Samuel 5). Então a arca é levada para Quiriate-Jearim onde permanece por 20 anos (1 Samuel 6; 1 Samuel 7: 1-2 1 Samuel 7: 1-2 ). É somente Davi quem finalmente leva a arca a Sião ao lugar que Jeová havia escolhido para colocar ali Seu nome (2 Samuel 6, compare Deuteronômio 12: 5Deuteronômio 12: 5 ; Salmos 132) e em que lugar Salomão ia construir o templo em um dia posterior (1 rei 6-8).

 

  1. Visão Geral do Conteúdo

 

  1. 1 Samuel 1 - 7 : Samuel como Juiz e Profeta de Deus

 

Capítulo     1, 1-2, 11   Nascimento de Samuel

Capítulo     2, 12-36     Decadência do Sacerdócio

Capítulo     3       Samuel está chamando como profeta

Capítulo     4       A arca é tomada pelos filisteus

Capítulo     5       A arca na terra dos filisteus

Capítulo     6       A arca retorna a Israel

Capítulo     7       Retorno e Vitória de Israel

  1. 1 Samuel 8 - 15 : Samuel e Saul

 

Capítulo     8       Israel exige um rei

Capítulo     9-10  Saul é nomeado rei de Israel

Capítulo     11     A vitória de Saul sobre os amonitas

Capítulo     12     O último discurso de Samuel a Israel

Capítulo     13     Primeira falha de Saul

Capítulo     14     A vitória de Jônatas e o fracasso de Saul

Capítulo     15     A Desobediência e Rejeição de Saul

III 1 Samuel 16 - 31 : Saul e David

 

Capítulo     16     Davi é rei ungido

Capítulo     17     Vitória de Davi sobre Golias

Capítulo     18     Saul está com ciúmes de David

Capítulo     19     Saul quer matar David

Capítulo     20     David foge de Saul

Capítulo     21     Voo de Davi para o sacerdote em Nob e para o rei de Gath

Capítulo     22     Davi na caverna de Adulão e a vingança de Saul aos sacerdotes

Capítulo     23     Davi em Keila e no deserto de Zife

Capítulo     24     David poupa a vida de Saul no deserto de Engedi

Capítulo     25     Nabal e Abigail

Capítulo     26     David poupa Saul pela segunda vez

Capítulo     27     Davi foge para Aquis, rei dos filisteus

Capítulo     28     Saul vai para a Necromanceress em Endor

Capítulo     29     O fracasso de Davi com os filisteus

Capítulo     30     Ziklag: A punição e restauração de Davi

Capítulo     31     Morte de Saul e Jônatas

 

 

   Visão geral do livro - 2 Samuel

  1. Autor e Tempo de Escrita

Originalmente, os dois livros de Samuel formaram um livro histórico. Foram os tradutores da Septuaginta (tradução grega do AT por volta de 200 aC) que separaram o livro em duas partes. Daí em diante o primeiro livro terminou com a morte de Saul e o segundo livro começou com o reinado de Davi. A partir da Septuaginta, essa separação em dois livros foi levada para a Vulgata (tradução latina de toda a Bíblia no século 4 AC) e, finalmente, desde Daniel Bomberg (1517) também para as edições impressas da Bíblia Hebraica. Tanto na Septuaginta quanto na Vulgata os livros de Samuel são considerados parte dos livros dos Reis. Este título não é totalmente inadequado, pois nos livros de Samuel estão descritos os reinos de Saul e Davi e nos livros de Reis os reinados dos monarcas de Israel e de Judá.Samuel é mais apropriado para ambos os livros descrevem a vida de Samuel, o profeta, bem como a vida dos dois reis que foram ungidos por ele.

 

Tendo dito tudo isso, nada foi dito até o autor dos livros. Nenhum dos livros menciona nenhum autor. Segundo a tradição judaica no Talmud, Samuel era autor dos capítulos 1-24 do primeiro livro (que são os registros de seu tempo). Gad e Nathan os profetas são considerados os autores dos capítulos 25-31 e todo o segundo livro de Samuel. 1 Crônicas 29:29 nos dá uma sugestão para isso: "Agora, os atos de Davi, o rei, primeiro e último, eis que estão escritos no livro de Samuel, o vidente, e no livro do profeta Natã, e no livro de Gade, o vidente ". A menção do fato de que Ziclague pertence aos reis de Judá "até hoje" ( 1 Samuel 27: 6) é considerado por alguns como uma indicação de que o livro foi escrito após a divisão do reino sob Reoboão.

 

O primeiro livro de Samuel cobre uma época de cerca de 90 anos, começando no nascimento de Samuel por volta de 1100 aC até a morte de Saul, por volta do ano 1010 aC. O segundo livro de Samuel descreve o reinado de Davi (por volta de 1010 a 970 aC).

 

  1. Propósito da Escrita

 

Os livros de Samuel representam a transição do tempo dos juízes para o tempo dos reis. Samuel a figura central do primeiro livro é ao mesmo tempo o último juiz e o primeiro profeta ( Atos 3:24 ; Atos 13:20 ).

 

Como nos livros de Juízes, a apostasia de Israel em sua responsabilidade é descrita pela primeira vez. Sob Eli e seus filhos ( 1 Samuel 2: 22-25 ; 1 Samuel 4: 17-18 ) e também sob os dois filhos de Samuel ( 1 Samuel 8: 1-2 ) o ofício do juiz desmorona em pedaços. A decadência na casa de Eli é tanto mais grave quanto o sacerdócio, que deve ser o meio entre Deus e o povo. Os inimigos roubam até mesmo a arca da aliança, a peça mais sagrada do tabernáculo e o sinônimo do trono de Jeová.

 

Nessa condição de coisas, Deus envia Samuel ao primeiro profeta que defende Jeová com o povo de Israel. Também Samuel introduz o reino. A princípio isto acontece a pedido do povo (o rei Saul, o homem segundo a carne) e então Deus escolhe Davi (o homem segundo o coração de Deus). Leia 1 Samuel 13:14 .

 

Davi faz de Jerusalém o centro político e religioso de Israel ( 2 Samuel 5: 6-12 ; 2 Samuel 6: 1-17 ). Tanto a palavra de Jeová ( 2 Samuel 7: 4-16 ) como as palavras de Davi ( 2 Samuel 23: 1-7 ) enfatizam a importância do reino dado por Deus. Também o senhorio milenar do Messias é profeticamente apontado.

 

  1. Peculiaridades

 

  1. a) Tipologia

 

O ofício de Samuel como profeta antes da introdução do reino é uma figura da obra de Deus no verdadeiro dia da graça. Saul (o homem segundo a carne) reina primeiro como rei enquanto Davi (o rei ungido de acordo com a mente de Deus) é rejeitado e perseguido (imaginando Cristo). É somente após a morte do adversário que Davi começa a reinar. Mas seu reinado ainda não é caracterizado pela paz, mas pelo combate. Enquanto Salomão é um tipo do Senhor Jesus durante o Seu reino milenar de paz, Davi tipifica a Cristo como o rejeitado que executará o julgamento em Seu aparecimento.

 

  1. b) Oração

 

A oração desempenha um papel importante, particularmente no primeiro livro de Samuel.

 

Já o nome de Samuel significa "ouvido de Deus" ou "pedido de Deus". Ana orou por um filho ( 1 Samuel 1: 10-18 ; 1 Samuel 1: 26-27 ) e ela agradeceu a Deus quando ela recebeu um filho ( 1 Samuel 2: 1-10 ).

 

Deus deu a vitória a Israel sobre os filisteus em resposta à oração de Samuel ( 1 Samuel 7: 5 ; 1 Samuel 7: 9 ).

 

Quando Israel em auto-vontade exigiu um rei, Samuel orou a Deus e Deus respondeu a sua oração ( 1 Samuel 8: 6-9 ).

 

Samuel, o homem de oração, recebe revelações de Deus ( 1 Samuel 9:15 ).

 

Teria sido pecado para Samuel não orar por seu povo Israel ( 1 Samuel 12:19 ; 1 Samuel 12:23 ).

 

  1. c) A Arca de Deus

 

A arca com o propiciatório era o trono de Jeová entre o Seu povo, que é o testemunho da Sua presença. A história desta arca nos livros de Samuel mostra claramente a condição do povo aos olhos de Deus. Em 1 Samuel 3: 3 a arca estava em Shiloh e Samuel vivia lá. No cap. 4 A arca é trazida de Siló para o acampamento militar de Israel, para produzir a vitória sobre os filisteus.

 

Mas os filisteus tomam a arca como presa; Eli morre nesta mensagem e Deus pune os filisteus por tomarem a arca (1 Samuel 5). Então a arca é levada para Quiriate-Jearim onde permanece por 20 anos (1 Samuel 6; 1 Samuel 7: 1-2 ). É somente Davi quem finalmente leva a arca a Sião ao lugar que Jeová havia escolhido para colocar ali Seu nome (2 Samuel 6, compare Deuteronômio 12: 5 ; Salmos 132) e em que lugar Salomão ia construir o templo em um dia posterior (1 rei 6-8).

 

  1. Visão Geral do Conteúdo

 

  1. 2 Samuel 1 - 10 : Ascensão do Reino de Davi

 

Capítulo

 

1

 

O luto de Davi por Saul e Jônatas

 

Capítulo

 

2-4

 

Batalha de Davi contra Ishbosheth e Abner

 

Capítulo

 

5

 

Davi conquista Jerusalém

 

Capítulo

 

6

 

A arca é trazida para Jerusalém

 

Capítulo

 

7

 

Promessa e aliança de Deus com Davi

 

Capítulo

 

8

 

Vitórias de Davi sobre os sírios

 

Capítulo

 

9

 

David Mercy para Mephibosheth

 

Capítulo

 

10

 

Mais vitórias sobre Amon e na Síria

 

  1. 2 Samuel 11 - 20 : Declínio do Reino de Davi

 

Capítulo

 

11

 

O pecado de Davi com Bate-Seba

 

Capítulo

 

12

 

Arrependimento e Castigo de Davi

 

Capítulo

 

13

 

Pecado e Morte de Amnom

 

Capítulo

 

14

 

Retorno de Absalão

 

Capítulo

 

15 a 16

 

Rebelião de Absalão e Vôo de Davi

 

Capítulo

 

17

 

Aitofel e Husai

 

Capítulo

 

18

 

Morte de Absalão

 

Capítulo

 

19

 

O retorno de Davi

 

Capítulo

 

20

 

Rebelião de Sheba

 

III 2 Samuel 21 - 24 : Apêndice

 

Capítulo

 

21

 

Davi e os gibeonitas; Guerras com os filisteus

 

Capítulo

 

22: 1-23: 7

 

O Salmo da Vitória de David e suas últimas palavras

 

Capítulo

 

23: 8-39

 

Os homens poderosos de David

 

Capítulo

 

24

 

Censo, Castigo e Graça

   WWW.MAURICIOBERWALD.COMUNIDADES.NET